Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito de cluster de estruturas na aquisição de inglês como língua estrangeira: representação da interlíngua, questões paramétricas e estudos formais de L2

Processo: 18/05860-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Marcello Marcelino Rosa
Beneficiário:Marcello Marcelino Rosa
Anfitrião: Laurel Elspeth Mackenzie
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Local de pesquisa: New York University, Estados Unidos  
Assunto(s):Interlíngua   Aquisição da linguagem   Aprendizagem de língua estrangeira

Resumo

O presente projeto tem por principal objetivo descrever e analisar as diferentes hipóteses teóricas sobre o processo de aquisição de L2, especificamente sobre o efeito de cluster, dentro da teoria de Princípios e Parâmetros. O efeito de cluster de estruturas, conforme utilizado por Chomsky (1981), Hyams (1986) e Snyder (1995) prevê que ao se aprender uma propriedade linguística da língua, várias outras estruturas a ela associadas tornam-se disponíveis para o aprendiz. Marcelino (2007, 2014, 2017) levanta a hipótese de um efeito de clustering para L2, em que estruturas são desenvolvidas independentemente de terem sido estudadas ou apresentadas, um caso clássico do argumento da Pobreza de Estímulo. No entanto, a visão de cluster tem sido discutida e refutada com base nas reformulações propostas à noção de parâmetro, que vai desde sua concepção como parametrização de Princípios Universais até o ponto em que se define como conjunto de traços associados ao léxico (Gallego, 2011). Os objetivos específicos deste projeto consistem, pois: (a) estabelecer interlocução com acadêmicos que trabalham com vertentes formais como variação linguística, teoria paramétrica, aquisição e estudos comparativos, na New York University (NYU), na figura de pesquisadores como Laurel MacKenzie, Gregory Guy, Richard Kayne e Ailis Cournane; (b) elaborar uma síntese dos atuais estudos paramétricos e suas propostas alternativas para dar conta do cluster; (c) selecionar os artigos que tratam especificamente sobre o tema para mapeamento do estado da arte; (d) preparar uma síntese da pesquisa na forma de um artigo inédito; (e) participar em cursos e eventos oferecidos nesse período; (f) coletar informações importantes sobre os Laboratórios de Linguagem da NYU; e (g) articular esse estado da arte com a pesquisa em aquisição de L2, de uma perspectiva formal, no Brasil, e mais especificamente, com o contexto de pós-graduação na linha de Linguagem e Cognição do PPG em Letras da Unifesp.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)