Busca avançada
Ano de início
Entree

Incremento da atividade anti-helmíntica da Ivermectina pela ação sinérgica de compostos fitoquímicos em Haemonchus contortus

Processo: 18/02423-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Helder Louvandini
Beneficiário:Poliana Araújo Pacheco
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Parasitologia veterinária   Sustentabilidade   Óleos essenciais

Resumo

O nematoide gastrintestinal de ovinos, Haemonchus contortus tem apresentado resistência a diversos princípios ativos, entre eles a Ivermectina, anti-helmíntico com resistência anti-helmíntica constatada, mas amplamente utilizado para tratamento e controle de nematoides gastrintestinais em ovinos. Alguns mecanismos de resistência à ivermectina foram elucidados e a participação da glicoproteína P é cotada como principal envolvida no desenvolvimento da resistência. A utilização de associações entre medicamentos e compostos fitoquímicos e/ou óleos essenciais tem demonstrado possibilidades promissoras de potencialização da atividade farmacológica ao passo que reduz doses e efeitos adversos. Os óleos essenciais e compostos fenólicos podem agir como moduladores da atividade da glicoproteína P. A identificação de um modulador efetivo dentre os compostos fitoquímicos seria uma alternativa ao uso de outros fármacos inibidores sabidamente tóxicos como verapamil e ciclosporina. O objetivo deste trabalho é avaliar e comparar a atividade anti-helmíntica da Ivermectina sob H. contortus cepa resistente e sensível isoladamente, e verificar o potencial de ação de óleos essenciais e compostos fitoquímicos associados a Ivermectina sobre os mecanismos de resistência do parasita através de testes in vitro. A atividade anti-helmíntica será avaliada por comparação entre CL50 de cada associação: Ivermectina + Compostos fitoquímicos. O nível de expressão da glicoproteína P a ser observada das interações Ivermectina/Compostos fitoquímicos mais promissoras em cepa de H. contortus resistente será avaliada por meio da técnica de PCR Quantitativo em Tempo Real.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)