Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de rotas de importação de compostos desagregadores das proteínas Tau, FUS e alpha-sinucleína através da membrana plasmática utilizando high-content screening em levedura

Processo: 18/09194-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 11 de junho de 2018
Vigência (Término): 10 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Elizabeth Bilsland
Beneficiário:Ludimila Dias Almeida
Supervisor: Per Sunnerhagen
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Gothenburg, Suécia  
Vinculado à bolsa:17/01986-8 - Determinação da especificidade ao substrato de transportadores da membrana plasmática de Saccharomyces cerevisiae e de Homo sapiens, BP.DR
Assunto(s):Biologia sintética   Desenvolvimento de fármacos   Sistema nervoso central   Doenças neurodegenerativas   Saccharomyces cerevisiae   Proteínas tau
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:agregação | Doenças Neurodegenerativas | Entrada de drogas na célula | expressão heteróloga | High-Content Screening | Saccharomyces cerevisiae | Biologia Sintética

Resumo

O desenvolvimento de drogas voltadas para doenças que afetam o sistema nervoso central (SNC) devem considerar o transporte de compostos pela barreira hematoencefálica humana (BHE). Devido a função protetora desta barreira, a entrada de moléculas xenobióticas é restrita e ocorre preferencialmente por carreadores de membrana das células presentes na BHE. Desta forma, o desenvolvimento de metodologias para o estudo de como estes compostos atravessam a membrana é essencial para o desenvolvimento de drogas que eficientemente atinjam o SNC. A levedura Saccharomyces cerevisiae é um organismo extensivamente estudado para o qual existem coleções completas de deleções de genes para a realização de experimentos high-throughput, com diferentes abordagens para triagem de drogas. Uma estratégia bem estabelecida no nosso grupo é o método de triagem da entrada de drogas utilizando uma biblioteca de deleções únicas de genes codificadores para cada um dos transportadores de membrana não-essenciais de S. cerevisiae. Nosso objetivo é identificar como drogas atravessam a membrana plasmática da levedura e transpor os resultados obtidos para os transportadores ortólogos da BHE humana. Neste contexto, nós visamos identificar novos compostos que tenham como alvo três doenças que afetam o SNC: esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença de Alzheimer e doença de Parkinson. Nós selecionamos 1.000 moléculas que representam a diversidade da biblioteca DIVERSet-EXP (ChemBridge Corporation), as quais serão utilizadas para a triagem de inibidores da agregação das proteínas FUS, TAU e ±-sinucleína utilizando a metodologia de high-content screening em levedura. Uma vez que tenhamos identificado compostos capazes de inibir a agregação destas proteínas, iremos identificar os carreadores responsáveis pela entrada destes na célula da levedura. Os resultados serão utilizados para identificar transportadores da BHE humanos potencialmente envolvidos na entrada destes novos compostos identificados para o tratamento de ELA, Alzheimer e Parkinson. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)