Busca avançada
Ano de início
Entree

INFLUÊNCIA DAS DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS NA ARQUITETURA DAS RAÍZES FINAS DE MUDAS DE Eucalyptus grandis

Processo: 18/06335-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de agosto de 2018
Vigência (Término): 14 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:Jean Paul Laclau
Beneficiário:Rafael Costa Pinheiro
Supervisor no Exterior: Catherine Roumet
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: Centre d'Ecologie Fonctionnelle & Evolutive (CEFE), França  
Vinculado à bolsa:15/25946-0 - Avaliação da distância máxima de absorção de nutrientes em formações florestais tropicais utilizando 15N como marcador, BP.DR
Assunto(s):Nutrição vegetal

Resumo

Os sistemas radiculares desempenham funções-chave no funcionamento das plantas e influenciam fortemente os serviços ecossistêmicos. Muitos estudos mostram uma alta plasticidade das raízes das plantas nos solos, tanto morfológica como funcionalmente, a fim de absorver os recursos do solo. Entretanto, as relações entre a estrutura e a função das raízes finas permanecem pouco compreendidas em sistemas radiculares de árvores. Compreender como a arquitetura de raízes finas pode adaptar-se em mudas de eucalipto de acordo com a disponibilidade de macronutrientes (N, P e K) seria de muita utilidade para melhorar tanto os modelos baseados em processos das plantas como os métodos de amostragem de raízes finas em estudos ecofisiológicos. A classificação de raízes finas em ordens de ramificação é uma metodologia cada vez mais utilizada ao redor do mundo na ecologia funcional, mas ainda é pouco usada no Brasil. Esse projeto tem por finalidade avaliar a capacidade de mudas de Eucalyptus grandis adaptarem as características de suas raízes finas em função da disponibilidade de N, P e K e verificar se elas são específicas para cada nutriente. O estudo será conduzido em Montpellier (França), a fim de aproveitar as facilidades laboratoriais e a experiência do grupo de pesquisa em relação a análise das características de raízes finas. O experimento será instalado em vasos com um substrato composto de turfa e areia, para facilitar a coleta das raízes finas para análise de sua arquitetura. Quatro tratamentos serão comparados: 1) tratamento controle (+NPK), com concentrações de N, P e K normalmente utilizadas na adubação de mudas de E. grandis em viveiros comerciais; 2) tratamento deficiente em nitrogênio (-N); 3) tratamento deficiente em fósforo (-P); e 4) tratamento deficiente em potássio (-K), com 10% das doses de N, P e K normalmente aplicadas na adubação comercial, respectivamente. As características morfológicas, anatômicas e químicas das raízes de primeira ordem serão avaliadas e comparadas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)