Busca avançada
Ano de início
Entree

Farmacogenética clínica dos enantiômeros do ibuprofeno após exodontias de terceiros molares inferiores

Processo: 18/04157-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Carlos Ferreira dos Santos
Beneficiário:Giovana Maria Weckwerth
Supervisor no Exterior: Devin Michael Absher
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa: HudsonAlpha Institute for Biotechnology, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/12671-5 - Farmacogenética clínica dos enantiômeros do ibuprofeno após exodontias de terceiros molares inferiores, BP.DR
Assunto(s):Farmacologia clínica   Farmacogenética   Dor   Ibuprofeno   Haplotipos

Resumo

Os fármacos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) são agentes vendidos sem receita médica frequentemente consumidos pela população para controlar a dor crônica e também a dor aguda após os processos inflamatórios. A extração de terceiros molares inferiores é recomendada para avaliação do efeito dos AINEs, pois produz dor, edema e trismo. O metabolismo dos AINEs depende principalmente da família do citocromo P450 (CYP), mais precisamente dos genes CYP2C8 e CYP2C9. As mutações de codificação mais comuns que ocorrem nesses genes que estão associadas à redução da atividade enzimática nos genes CYP2C8 e CYP2C9 exibem frequências em torno de 22% e 31%, respectivamente, na população caucasiana. Devido a esta alta frequência de variações nesses genes, a avaliação do seu papel poderia ajudar a compreender a variabilidade nas respostas ao tratamento clínico e ao desenvolvimento de efeitos adversos para o uso de AINEs. Neste contexto, a farmacogenética, que estuda a contribuição de polimorfismos e fatores genéticos para a variabilidade individual das respostas ao metabolismo do fármaco, está crescendo e começa a mostrar resultados quanto ao uso clínico de drogas. Além disso, a possível influência dos biomarcadores genéticos e teciduais no sistema inibidor descendente da dor também podem afetar a resposta e os efeitos dos AINEs e este sistema inibitório pode ser verificado através da modulação da dor condicionada. Neste aspecto, o receptor de opióides OPRM1 tem sido amplamente estudado pela farmacogenética, devido à variação estrutural e sua função em uma variedade de distúrbios dolorosos. O receptor ¼-opióide (MOR), codificado pelo gene OPRM1, regula naturalmente a resposta analgésica à dor. As variabilidades genéticas no gene OPRM1, particularmente o SNP A118G, foram associadas a vários fins funcionais. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a relação entre os diferentes haplótipos dos genes CYP2C8, CYP2C9 e OPRM1 e a eficácia clínica do ibuprofeno após extrações de terceiros molares inferiores em relação à dor, edema e trismo, reações adversas, a quantidade de medicação de socorro utilizada para dor, a satisfação do paciente com a droga e a influência da habilidade na modulação pré-operatória da dor condicionada. O DNA liofilizado, derivado da saliva dos 200 pacientes dessa pesquisa de doutorado coletada no Brasil, será utilizado para o sequenciamento genético e análise dos genes CYP2C8, CYP2C9 e OPRM1, relacionados ao metabolismo de AINEs, dor e modulação de dor e todos os dados coletados serão comparados com os haplótipos encontrados na população brasileira. Para o sequenciamento genético do CYP2C8, CYP2C9 e OPRM1 será utilizado o instrumento MiSeq® System (Illumina®) com um comprimento de leitura de 2 x 78 pb. O estágio de pesquisa no exterior (BEPE) será conduzido sob a coordenação do professor Devin Absher, Investigador Científico do HudsonAlpha Institute for Biotechnology, em Huntsville, Alabama, EUA, onde os testes genéticos serão conduzidos. Esta pesquisa também contará com a colaboração do Dr. Troy Moore, Diretor Científico da Kailos Genetics, Inc., também em Huntsville, Alabama, EUA, localizada no mesmo complexo do HudsonAlpha (mesmo endereço). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WECKWERTH, GIOVANA M.; DIONISIO, THIAGO J.; COSTA, YURI M.; COLOMBINI-ISHIQUIRIAMA, BELLA L.; OLIVEIRA, GABRIELA M.; TORRES, ELZA A.; BONJARDIM, LEONARDO R.; CALVO, ADRIANA M.; MOORE, TROY; ABSHER, DEVIN M.; et al. CYP450 polymorphisms and clinical pharmacogenetics of ibuprofen after lower third molar extraction. EUROPEAN JOURNAL OF CLINICAL PHARMACOLOGY, v. 77, n. 5, . (16/12671-5, 18/04157-5)
WECKWERTH, GIOVANA MARIA; DIONISIO, THIAGO JOSE; COSTA, YURI MARTINS; ZUPELARI-GONCALVES, PAULO; OLIVEIRA, GABRIELA MORAES; TORRES, ELZA ARAUJO; BONJARDIM, LEONARDO RIGOLDI; FARIA, FLAVIO AUGUSTO CARDOSO; CALVO, ADRIANA MARIA; MOORE, TROY; et al. Multifocal Analysis of Acute Pain After Third Molar Removal. FRONTIERS IN PHARMACOLOGY, v. 12, . (17/12725-0, 18/04157-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.