Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e caracterização do anticorpo de cadeia única anti-oligômeros neurotóxicos do peptídeo ²-amilóide NUsc7

Processo: 18/00388-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Adriano Silva Sebollela
Beneficiário:Mariane Fávero Carraro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Proteínas recombinantes   Oligômeros   Peptídeos beta-amiloides   Anticorpos de cadeia única

Resumo

A Doença de Alzheimer (DA) é caracterizada pelo acúmulo de agregados do peptídeo ²-amiloide, sendo os oligômeros solúveis as principais espécies responsáveis pela perda sináptica e consequente demência. Entretanto, a estrutura dos oligômeros solúveis de A² (A²Os), assim como os mecanismos moleculares pelos quais os A²Os exercem sua neurotoxicidade, ainda não são completamente conhecidos. Nesse projeto, usaremos como ferramenta de estudo anticorpos artificiais de cadeia única (scFv) previamente caracterizados por nosso grupo, os NUsc's, que são capazes de discriminar oligômeros de A² de monômeros e de agregados insolúveis. O objetivo central é a produção e caracterização funcional de um dos NUscs, o anticorpo NUsc7. Iremos identificar a população de oligômeros de A² reconhecida por este anticorpo, comparando ao perfil de massa molecular de oligômeros reconhecidos por outro anticorpo do nosso conjunto já bem caracterizado (NUsc1). Acreditamos que NUsc7, assim como NUsc1, tem potencial para ser utilizado como ferramenta diagnóstica e terapêutica para a DA no futuro próximo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)