Busca avançada
Ano de início
Entree

Repercussão da depressão materna sobre as competências socioemocionais dos filhos no início da adolescência: coorte de nascimentos de Pelotas de 2004

Processo: 17/22723-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Medicina Preventiva
Pesquisador responsável:Alicia Matijasevich Manitto
Beneficiário:Jessica Mayumi Maruyama
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia   Depressão   Mães   Filhos   Adolescência   Desenvolvimento infantil   Pelotas (RS)

Resumo

O desenvolvimento infantil é resultado da interação entre fatores genéticos, fatores ambientais e o modo como a criança responde aos estímulos externos e sociais. Para obtenção de sucesso nas esferas pessoais e profissionais, são exigidas competências formadas ao longo da vida do indivíduo, mas que são influenciadas por eventos ocorridos desde a primeira infância até o final da adolescência. Nas últimas décadas, diversos estudos mostraram que competências socioemocionais são tão importantes quanto as habilidades cognitivas em predizer desfechos positivos para a saúde individual e coletiva. Exemplos dessas competências incluem lócus de controle, autoestima, controle emocional, relacionamento com pares e comportamento pró-social. A depressão materna exerce forte influência no ambiente familiar e é considerada um fator de risco para o desenvolvimento de psicopatologias em crianças. Há evidências que mostram que filhos de mães deprimidas apresentaram menores escores de autoestima, pobre controle emocional e problemas externalizantes relacionados a comportamentos hostis com seus pares, com consequente prejuízos nas interações sociais saudáveis. Objetivo: avaliar a repercussão da depressão materna sobre as competências socioemocionais (lócus de controle, autoestima, controle emocional, relacionamento com pares e comportamento pró-social) no início da adolescência na Coorte de Nascimento de Pelotas de 2004. Métodos: o desenho do estudo é uma coorte de nascimentos de base populacional em Pelotas (RS), que incluiu todos os nascidos-vivos no ano de 2004. Todos os dados já foram coletados por equipe treinada. Os desfechos são as competências socioemocionais das crianças aos 11/12 anos medidos por escalas validadas. A exposição principal é a depressão materna, avaliada em cada um dos acompanhamentos (3, 12, 24 e 48 meses, 6 e 11 anos). Serão analisadas outras exposições, que poderão atuar como variáveis de confusão e mediadoras ou modificadores de efeito da associação estudada. Resultados: Os resultados esperados poderão contribuir com recomendações que norteiem futuras medidas preventivas e/ou intervenções que minimizem o impacto da depressão materna nos filhos e que promovam o desenvolvimento das competências socioemocionais nas crianças. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; SANTOS, INA S.; MUNHOZ, TIAGO NEUENFELD; MATIJASEVICH, ALICIA. Maternal depression trajectories and offspring positive attributes and social aptitudes at early adolescence: 2004 Pelotas birth cohort. EUROPEAN CHILD & ADOLESCENT PSYCHIATRY, v. 30, n. 12, p. 1939-1948, DEC 2021. Citações Web of Science: 0.
BOZZINI, ANA BEATRIZ; MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; MUNHOZ, TIAGO N.; BARROS, ALUISIO J. D.; BARROS, FERNANDO C.; SANTOS, INA S.; MATIJASEVICH, ALICIA. Trajectories of maternal depressive symptoms and offspring's risk behavior in early adolescence: data from the 2004 Pelotas birth cohort study. BMC Psychiatry, v. 21, n. 1 JAN 7 2021. Citações Web of Science: 0.
MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; SANTOS, INA S.; MUNHOZ, TIAGO NEUENFELD; MATIJASEVICH, ALICIA. Maternal depression trajectories and offspring positive attributes and social aptitudes at early adolescence: 2004 Pelotas birth cohort. EUROPEAN CHILD & ADOLESCENT PSYCHIATRY, OCT 2020. Citações Web of Science: 0.
LA MAISON, CAROLINA; MARUYAMA, JESSICA M.; MUNHOZ, TIAGO N.; SANTOS, INA S.; DO AMARAL, MARIANA R.; ANSELMI, LUCIANA; BARROS, FERNANDO C.; PASTOR-VALERO, MARIA; MATIJASEVICH, ALICIA. Continuity of psychiatric disorders between 6 and 11 years of age in the 2004 Pelotas Birth Cohort. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 42, n. 5, p. 496-502, SEP-OCT 2020. Citações Web of Science: 0.
CAROLINA LA MAISON; JESSICA M. MARUYAMA; TIAGO N. MUNHOZ; INÁ S. SANTOS; MARIANA R. DO AMARAL; LUCIANA ANSELMI; FERNANDO C. BARROS; MARIA PASTOR-VALERO; ALICIA MATIJASEVICH. Continuity of psychiatric disorders between 6 and 11 years of age in the 2004 Pelotas Birth Cohort. Revista Brasileira de Psiquiatria, n. ahead, p. -, 2020.
CAROLINA LA MAISON; JESSICA M. MARUYAMA; TIAGO N. MUNHOZ; INÁ S. SANTOS; MARIANA R. DO AMARAL; LUCIANA ANSELMI; FERNANDO C. BARROS; MARIA PASTOR-VALERO; ALICIA MATIJASEVICH. Continuity of psychiatric disorders between 6 and 11 years of age in the 2004 Pelotas Birth Cohort. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 42, n. 5, p. 496-502, Out. 2020.
MATIJASEVICH, ALICIA; PEARSON, REBECCA M.; DE MOLA, CHRISTIAN LORET; MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; LA MAISON, CAROLINA; MUNHOZ, TIAGO N.; BARROS, FERNANDO C.; SANTOS, INA S.; BARROS, ALUISIO J. D. Early child stimulation and attention-related executive functions at 11 years: 2004 Pelotas birth cohort study. EUROPEAN CHILD & ADOLESCENT PSYCHIATRY, v. 29, n. 9 NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
TURNER, SAMANTHA; MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; MATIJASEVICH, ALICIA; PASTOR-VALERO, MARIA. Breastfeeding and the Development of Socio-Emotional Competencies: A Systematic Review. BREASTFEEDING MEDICINE, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
MARUYAMA, JESSICA MAYUMI; PASTOR-VALERO, MARIA; SANTOS, INA S.; MUNHOZ, TIAGO N.; BARROS, FERNANDO C.; MATIJASEVICH, ALICIA. Impact of maternal depression trajectories on offspring socioemotional competences at age 11: 2004 Pelotas Birth Cohort. Journal of Affective Disorders, v. 253, p. 8-17, JUN 15 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.