Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de parâmetros imunológicos, inflamatórios e bioquímicos em indivíduos infectados pelo HIV sob uso da terapia antirretroviral em associação com a própolis

Processo: 16/24591-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Etnofarmacologia
Pesquisador responsável:José Maurício Sforcin
Beneficiário:Fernanda Lopes Conte
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Imunomodulação   Antirretrovirais   Própolis   HIV
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Abelha | apiterapia | Hiv | Imunomodulação | Produtos Naturais | propolis | Ação Imunomoduladora Da Própolis

Resumo

A infecção pelo HIV representa um dos maiores problemas de saúde pública, em função do seu caráter pandêmico e de sua gravidade. A terapia que combina diferentes drogas antirretrovirais (cART) tem resultado em maior sobrevida dos pacientes infectados com o vírus, mas também gera efeitos adversos, como citotoxicidade, distúrbios metabólicos e persistentes ativação imune e inflamação. Neste estudo, investigaremos se a própolis - produto natural que possui inúmeras propriedades terapêuticas, poderá promover melhoria da saúde desses pacientes, atenuando o impacto da própria infecção e dos efeitos adversos da terapia. Para tal, utilizaremos um extrato padronizado de própolis desenvolvido pela empresa Apis Flora Indl. Coml. Ltda., o qual possui padronização, segurança e eficácia. Pacientes infectados com HIV, sob terapia e supressão viral adequada, farão uso de comprimidos por três meses, e será avaliado, antes e após a intervenção com própolis, o perfil lipídico (triglicérides, colesterol total e frações), concentração de marcadores associados à inflamação (IL-6, TNF-±, IL-10, PCR e CPK), perfil imunovirológico (contagem de T CD4+/CD8+ e carga viral plasmática do HIV), produção de citocinas relacionadas aos diferentes perfis de respostas (IFN-³, IL-4, IL-17 e TGF-²) e à ativação do inflamassoma (IL-18, IL-1², IL-33) produzidas por PBMC, fenotipagem dos linfócitos T (expressão de T-bet, GATA-3, ROR³t e Foxp3) e proliferação de linfócitos. Os resultados obtidos poderão fornecer bases para implementação do uso da própolis, no intuito de contribuir para melhora da qualidade de vida dos pacientes e postergar o aparecimento das comorbidades. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CONTE, FERNANDA LOPES; TASCA, KAREN INGRID; SANTIAGO, KARINA BASSO; CARDOSO, ELIZA DE OLIVEIRA; ROMAGNOLI, GRAZIELA GORETE; GOLIM, MARJORIE DE ASSIS; MARQUES BRAZ, ALINE MARCIA; BERRETTA, ANDRESA APARECIDA; DE SOUZA, LENICE DO ROSARIO; SFORCIN, JOSE MAURICIO. Propolis increases Foxp(3) expression and lymphocyte proliferation in HIV-infected people: A randomized, double blind, parallel-group and placebo-controlled study. BIOMEDICINE & PHARMACOTHERAPY, v. 142, . (17/14846-0, 16/24591-6, 18/04297-1)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CONTE, Fernanda Lopes. Avaliação de parâmetros imunológicos, inflamatórios e bioquímicos em pacientes HIV-positivos sob uso da terapia antirretroviral em associação com a própolis. 2021. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Medicina. Botucatu Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.