Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do comportamento bioquímico da cultura do tomate em solo salino com tratamento eletromagnético da água

Processo: 17/04657-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Fernando Ferrari Putti
Beneficiário:Bianca Bueno Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Tomate   Adubação   Fertirrigação   Manejo do solo   Salinidade   Processos bioquímicos   Método eletromagnético   Casas de fazenda   Identificação biométrica

Resumo

A crise hídrica é uma realidade e o aumento da demanda por alimentos é crescente, o que incentiva pesquisadores e produtores a inserirem novas tecnologias na agricultura a fim de otimizar a produção. Uma das principais plantas cultivadas em ambiente protegido é o tomate, o qual vem apresentando expressivo crescimento em sua demanda, por ser um fruto saboroso, rico em nutrientes, e de alto valor agregado. Entretanto, é sensível ao clima, concentração de sais, pragas e plantas daninhas. O tomate é exigente em adubações ao longo do ciclo; assim, o produtor adota o sistema de fertirrigação para facilitar o manejo. Contudo, o manejo incorreto de fertilizantes ocasiona o processo de salinização do solo, provocando diversas consequências, desde redução da produtividade até mesmo a infertilidade do solo. Tais fatos são oriundos do aumento da concentração de sais, o que dificulta o processo de absorção da água pela planta, gerando o desbalanceamento bioquímico e nutricional da mesma. Pesquisas recentes apontam que, quando a água é induzida ao campo eletromagnético, ocorre um processo físico que auxilia na polarização da água, reduzindo o número de clusters e auxiliando na dissolução de sais. Deste modo, este projeto visa mitigar os efeitos da água tratada eletromagneticamente em solos salinizados para a cultura do tomate. O experimento será conduzido na Fazenda Experimental da Faculdade de Ciências e Engenharia, campus de Tupã (FCE/UNESP). Será adotado o delineamento em blocos casualizados, com dois tipos de água tratada e cinco diferentes níveis de salinidade inicial (0; 1,5; 3; 4,5; 6 dSm-1), sendo o manejo baseado no monitoramento da solução do solo mediante os extratores instalados. Serão avaliadas as variáveis biométricas e bioquímicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)