Busca avançada
Ano de início
Entree

Corrida em calçados minimalistas, parcialmente minimalistas e descalço: padrões de cinética articular e de taxas de carga

Processo: 17/26844-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabel de Camargo Neves Sacco
Beneficiário:Alessandra Bento Matias
Supervisor: Irene Sprague Davis
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/17077-4 - Efeitos de um programa de fortalecimento do pé na ocorrência de lesões e na biomecânica do complexo do tornozelo e pé em corredores fundistas: um ensaio clínico controlado e randomizado, BP.DD
Assunto(s):Biomecânica   Estresse mecânico   Cinética   Corridas   Calçados
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:calçado | Calçado Minimalista | Cinética | Corrida | Corrida descalço | Biomecânica

Resumo

A indústria criou os calçados de corrida minimalistas para satisfazer o desejo de um produto que replica a condição de descalço e protege o corpo do estresse mecânico causado pela corrida, já que muitos acreditam que a alta incidência de lesão é devido às forças de impacto excessivo experimentadas durante a corrida. Os calçados minimalistas foram definidos como aqueles que têm menos amortecimento e estabilidade do que os calçados de corrida convencionais com uma sola altamente flexível e superior que pesa 200g ou menos, uma altura de calcanhar (salto) de 20mm ou menos e um diferencial de calcanhar de 7mm ou menos. O objetivo principal deste estudo é avaliar e comparar características biomecânicas durante a corrida em corredores habituados a calçados minimalistas em três condições: (i) vestindo um calçado mínimo verdadeiro (sem entressola), (ii) calçado mínimo parcial (algum amortecimento de uma entressola mínima), e (iii) pés descalços. Métodos: serão recrutados 45 corredores habituados em pelo menos uma das 3 condições: calçados minimalistas, parcialmente minimalistas ou descalços, livres de lesão há pelo menos 3 meses e que corram um mínimo de 10 milhas/semana em calçados mínimos. Os dados da força de reação do solo (GRF) serão usados para calcular as taxas de carga e os picos de impacto. A taxa de carga instantânea (ILR) será calculada como a inclinação instantânea máxima (taxa de carga) e a taxa de carga média (ALR). Os momentos articulares nos planos sagital, coronal e transversal durante a fase de execução da corrida serão calculados bilateralmente para cada condição de execução através de um modelo de dinâmica inversa. Nós hipotetizamos que a cinética articular (H1) em sapatos mínimos verdadeiros será mais parecida com a condição descalça do que com os calçados mínimos parciais e os corredores (H2) em calçados mínimos parciais exibirão maiores taxas de carga do que aquelas em calçados mínimos verdadeiros. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATIAS, ALESSANDRA B.; WATARI, RICKY; TADDEI, ULISSES T.; CARAVAGGI, PAOLO; INOUE, RAFAEL S.; THIBES, RAISSA B.; SUDA, ENEIDA Y.; VIEIRA, MARCUS F.; SACCO, ISABEL C. N.. Effects of Foot-Core Training on Foot-Ankle Kinematics and Running Kinetics in Runners: Secondary Outcomes From a Randomized Controlled Trial. FRONTIERS IN BIOENGINEERING AND BIOTECHNOLOGY, v. 10, p. 16-pg., . (17/15449-4, 17/26844-1, 16/17077-4, 15/14810-0, 17/23975-8, 19/19291-1)
E.Y. SUDA; M.F. VIEIRA; A.B. MATIAS; R.S. GOMIDE; I.C.N. SACCO. Running intralimb coordination patterns after a foot core exercise program in recreational runners. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 57, . (16/17077-4, 17/15449-4, 17/26844-1, 15/14810-0)
MATIAS, ALESSANDRA B.; CARAVAGGI, PAOLO; TADDEI, ULISSES T.; LEARDINI, ALBERTO; SACCO, ISABEL C. N.. Rearfoot, Midfoot, and Forefoot Motion in Naturally Forefoot and Rearfoot Strike Runners during Treadmill Running. APPLIED SCIENCES-BASEL, v. 10, n. 21, . (17/26844-1, 16/17077-4, 17/23975-8, 15/14810-0)
MATIAS, ALESSANDRA B.; CARAVAGGI, PAOLO; LEARDINI, ALBERTO; TADDEI, ULISSES T.; ORTOLANI, MAURIZIO; SACCO, ISABEL. Repeatability of skin-markers based kinematic measures from a multi-segment foot model in walking and running. JOURNAL OF BIOMECHANICS, v. 110, p. 6-pg., . (17/23975-8, 16/17077-4, 17/26844-1, 15/14810-0)
MATIAS, ALESSANDRA; OUTERLEYS, JEREME; SACCO, ISABEL; DAVIS, IRENE. Not All Forefoot Striking Is Equal. MEDICINE AND SCIENCE IN SPORTS AND EXERCISE, v. 51, n. 6, p. 2-pg., . (17/26844-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.