Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre o processamento sensorial, características ambientais e idade de aquisição da marcha em crianças prematuras

Processo: 17/17978-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Nelci Adriana Cicuto Ferreira Rocha
Beneficiário:Ana Laura Belisario Marcos
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropediatria   Desenvolvimento infantil   Recém-nascido prematuro   Marcha

Resumo

Introdução: A prematuridade é vista como um fator de risco biológico, que pode levar a atrasos no desenvolvimento infantil. Sua influência sobre o processamento sensorial, por exemplo, faz-se relevante por determinar o modo com que a criança interagirá com o ambiente e se desenvolverá, o que tem relação direta com o desenvolvimento motor e, consequentemente, a aquisição da marcha. Nesse contexto, também se destaca a influência do ambiente no desenvolvimento do prematuro, uma vez que uma má estimulação pode potencializar seu risco biológico. Objetivo: Verificar a influência de características sensoriais e ambientais, tais como renda familiar e nível de escolaridade materna na idade de aquisição da marcha em crianças prematuras. Métodos: Serão avaliadas 32 crianças com idade gestacional inferior a 37 semanas. A modulação sensorial será avaliada por meio de entrevista com os cuidadores da criança utilizando o "Perfil Sensorial de Dunn" e as características ambientais utilizando-se o "IT-Home", renda familiar e nível de escolaridade materna serão coletados com um protocolo para coleta de dados desenvolvido para este estudo. Análise Estatística: Após verificação da distribuição dos dados será realizado teste de correlação entre a idade de aquisição da marcha, o Perfil Sensorial, a escala IT-HOME, a renda familiar e a escolaridade materna. Um nível de significância de 5% será adotado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)