Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do exercício pré-natal sobre as alterações comportamentais, morfológicas e epigenéticas na prole de mães desafiadas imunologicamente durante a gestação

Processo: 17/14742-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Ricardo Mario Arida
Beneficiário:Jansen Fernandes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/03368-5 - Efeitos do aumento da captação cerebral de IGF-1 sérico induzido pelo exercício sobre o circuito núcleos da rafe-hipocampo: implicações na neurogênese adulta e na homeostase do humor., BE.EP.PD
Assunto(s):Neurofisiologia   Cérebro   Epigênese genética   Metilação de DNA   Fator neurotrófico derivado do encéfalo   Epigenômica

Resumo

Estudos epidemiológicos demonstram uma forte relação entre infecção pré-natal e o surgimento de distúrbios do neurodesenvolvimento na prole. Corroborando esses achados, trabalhos realizados em animais de laboratório observaram que a prole de mães expostas a patógenos infecciosos ou agentes imunoativadores durante a gestação exibem importantes alterações comportamentais, bioquímicas e neuroanatomicas. Neste sentido, a infecção pré-natal induzida pela administração de lipopolissacarídeo (LPS) tem sido amplamente utilizada como modelo experimental para distúrbios do neurodesenvolvimento e, mais recentemente, para o estudo de transtornos afetivos. Por outro lado, um número crescente de trabalhos científicos tem demonstrado que a prática de exercícios físicos durante o período gestacional tem a capacidade de melhorar vários aspectos da função cerebral da prole, incluindo o aprimoramento da capacidade cognitiva, o aumento do numero de neurônios e de fatores neurotróficos no cérebro, a redução dos sintomas da ansiedade e de depressão, dentre outros. Portanto, considerando que a infecção pré-natal afeta negativamente diversos aspectos da função cerebral da progênie e que, por outro lado, a prática de exercício físicos durante este período tem o potencial de aprimorar a função cognitiva e proteger o SNC da prole, o presente projeto tem o objetivo de verificar os efeitos do exercício físico pré-natal sobre as alterações comportamentais (ansiedade, depressão e memória), estruturais (numero de células neuronais e não-neuronais) e epigenéticas (enfatizando a regulação transcricional do gene Bdnf) na prole de ratas tratadas com LPS durante o período gestacional.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NORIEGA-PRIETO, JOSE ANTONIO; MAGLIO, LAURA EVA; ZEGARRA-VALDIVIA, JONATHAN A.; PIGNATELLI, JAIME; FERNANDEZ, ANA M.; MARTINEZ-RACHADELL, LAURA; FERNANDES, JANSEN; NUNEZ, ANGEL; ARAQUE, ALFONSO; TORRES-ALEMAN, IGNACIO; et al. Astrocytic IGF-IRs Induce Adenosine-Mediated Inhibitory Downregulation and Improve Sensory Discrimination. JOURNAL OF NEUROSCIENCE, v. 41, n. 22, p. 4768-4781, . (17/14742-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.