Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem matemática inversa de um amortecedor magnetoreológico

Processo: 17/14875-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Mecânica dos Sólidos
Pesquisador responsável:Gustavo Luiz Chagas Manhães de Abreu
Beneficiário:Matheus Paris Orsi
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Amortecimento   Modelos matemáticos

Resumo

Em um amortecedor convencional, a força gerada é função das propriedades reológicas do fluido do amortecedor, dos seus parâmetros geométricos e da velocidade relativa de suas extremidades. Por outro lado as propriedades reológicas do fluido no amortecedor magnetoreológico, dependem da tensão elétrica aplicada ao circuito eletro-magnético do amortecedor. Uma das aplicações mais importantes do fluido MR é em amortecedores de vibrações, utilizados principalmente na construção civil, em veículos automotivos e outros sistemas mecânicos sujeitos a excitações que provocam vibrações indesejáveis. Tendo em vista tais propriedades, pode-se controlar a força indiretamente através do controle da intensidade da tensão elétrica. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo o desenvolvimento de um modelo matemático inverso para a determinação da tensão elétrica necessária em função da força a ser gerada em um amortecedor magnetoreológico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)