Busca avançada
Ano de início
Entree

Ritmo e melodia em cantigas medievais galego-portuguesas: relações entre o musical e o linguístico

Processo: 17/14463-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Histórica
Pesquisador responsável:Gladis Massini-Cagliari
Beneficiário:José Francisco da Silva Vieira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Prosódia   Fonologia   Ritmo (música)   Música medieval

Resumo

Este projeto consiste em averiguar as relações existentes entre música e língua, por meio da análise de cantigas galego-portuguesas, visando investigar como o ritmo musical e a melodia dessas cantigas podem revelar dados importantes para o estudo da prosódia do Português Arcaico (PA), a fim de promover a ampliação do panorama atual de conhecimentos acerca de um período da língua do qual não se têm registros orais. Para isso, o projeto se baseia no mapeamento de padrões rítmico-melódicos das cantigas, por meio da análise de transcrições das partituras encontradas nos pergaminhos medievais e respectivas versões musicadas na atualidade. Basicamente, serão mapeadas proeminências rítmicas no nível linguístico e musical que estejam em confluência, tendo sido registradas através dos processos de escrita e execução musical vigentes na época (séculos XIII e XIV). Sob essa mesma perspectiva, é apresentado um novo procedimento vinculado ao desenvolvimento de uma nova metodologia para o estudo prosódico de línguas, o qual se baseia na hipótese de que a forma dos fraseados melódicos possui estreita relação com a entoação da língua falada, na medida em que a altura das notas daria sugestões sobre o comportamento dos traços e constituintes prosódicos dos enunciados, refletindo um possível contexto extra poético. Caso isso seja atestado, poderá oferecer pistas sobre os padrões entoacionais do PA, possibilitando a extensão desse tipo de estudo ao domínio de outros corpora e contribuindo, assim, para uma maior precisão nas descrições sobre a prosódia do PA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)