Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de acomodação dialetal na fala de nordestinos residentes em São Paulo -- Plano de Atividades

Processo: 17/18724-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Sociolinguística e Dialetologia
Pesquisador responsável:Livia Oushiro
Beneficiário:Marina de Castro Russo
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/04960-7 - Processos de acomodação dialetal na fala de nordestinos residentes em São Paulo, AP.R
Assunto(s):Variação linguística

Resumo

Este projeto propõe investigar, na fala de migrantes nordestinos residentes nas regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas, quais fatores linguísticos e, especialmente, fatores sociais se correlacionam com processos de acomodação dialetal. Tal tópico concerne à teoria linguística no que diz respeito à estabilidade do sistema linguístico na fala adulta, pressuposto poucas vezes questionado. Ao mesmo tempo, a análise da fala de migrantes deve fornecer um quadro mais completo para a Teoria da Variação e da Mudança, uma vez que o contato dialetal faz parte do cotidiano de milhões de pessoas que habitam as grandes metrópoles. Ainda carente de maiores generalizações, a acomodação dialetal suscita desafios de ordem teórica e metodológica: o grande número de variáveis independentes que podem influenciar os padrões de fala de migrantes (p.ex., tempo de permanência na nova localidade, grau de contato com o dialeto de origem, atitudes em relação aos dialetos); a ampla variação entre indivíduos; como medir a acomodação; e a possibilidade de que diferentes variáveis sociolinguísticas não sofram os mesmos processos. Para abordar tais questões, este estudo analisará sistematicamente cinco variáveis sociolinguísticas -- vogais médias pretônicas, (-r) em coda silábica, palatalização de /ti/ e /di/, concordância nominal e expressão do modo imperativo -- na fala de 36 migrantes residentes na Grande São Paulo, com vistas ao levantamento de hipóteses, e coletará 40 novas gravações na Grande Campinas. Os resultados contribuirão para uma descrição mais abrangente do português falado em São Paulo, para a sistematização do papel de diferentes variáveis em situação de contato dialetal, para a disseminação de novos métodos e ferramentas de análise sociolinguística, bem como para o estabelecimento de um novo núcleo de pesquisas variacionistas no estado.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)