Busca avançada
Ano de início
Entree

Teoria de maré de fluência para sistemas com eixo de rotação inclinado

Processo: 17/10072-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astronomia de Posição e Mecânica Celeste
Pesquisador responsável:Sylvio Ferraz de Mello
Beneficiário:Eduardo Andrade Inês
Instituição Sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Astrodinâmica   Exoplanetas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dinamica de Rotacao | Exoplanetas | Força de Maré | Teoria de Perturbacoes | Astronomia Dinâmica

Resumo

A teoria de Maré de Fluência, introduzida por Ferraz-Mello (2013), é uma nova abordagem reofísica ao problema de marés. Esta teoria propõe estudar a maré a partir das leis de deformação dos corpos, levando em conta as distintas propriedades da estrutura interna dos mesmos, por meio da fluência Newtoniana. Trata-se de uma teoria ainda em construção e com grande potencial para aplicação a diversos sistemas conhecidos descobertos pelas missões CoRoT e Kepler, por exemplo, assim como a missão PLATO no futuro. A extensão da teoria trará contribuições essenciais tanto para a determinação de características estelares em tais sistemas, como para o estudo da dinâmica orbital e evolução de exoplanetas. O presente projeto tem o objetivo de continuar o desenvolvimento da teoria de fluência para o estudo das marés, com foco principal em um caso ainda não abordado: a espacialização da teoria para sistemas em que os eixos de rotação dos corpos se encontram inclinados em relação ao plano do movimento orbital relativo. Para tal, realizaremos o desenvolvimento analítico da função perturbadora e das equações de deformação do corpo para então resolver a equação da fluência. Este trabalho será complementado ainda com a aplicação de métodos semi-analíticos, que permitirão adotar modelos físicos de maior complexidade, independentemente da existência de soluções analíticas, para um domínio amplo de parâmetros orbitais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FOLONIER, H. A.; FERRAZ-MELLO, S.; ANDRADE-INES, E.. Tidal synchronization of close-in satellites and exoplanets. III. Tidal dissipation revisited and application to Enceladus. CELESTIAL MECHANICS & DYNAMICAL ASTRONOMY, v. 130, n. 12, . (16/20189-9, 16/13750-6, 14/13407-4, 17/10072-0)
FERRAZ-MELLO, SYLVIO; BAU, G; CELLETTI, A; GALES, CB; GRONCHI, GF. Planetary Tides: Theories. SATELLITE DYNAMICS AND SPACE MISSIONS, v. 34, p. 50-pg., . (08/57866-1, 14/13407-4, 16/13750-6, 17/10072-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.