Busca avançada
Ano de início
Entree

Toxicidade de células algais expostas ao fósforo e zinco para o cladócero Ceriodaphnia silvestrii

Processo: 16/22620-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Suzelei Rodgher
Beneficiário:Fernanda Campos de Paulo
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Alimentação animal   Metais   Zooplâncton   Ciclo de vida   Toxicidade crônica   Ecotoxicologia

Resumo

A contaminação de ambientes aquáticos por metais tem aumentado em todo o mundo. O metal zinco é um micronutriente para os organismos, contudo em concentrações elevadas pode ser tóxico. O fósforo é um dos nutrientes mais importantes que regulam o crescimento dos organismos planctônicos nos ecossistemas aquáticos. É conhecido que a disponibilidade e retenção de metais pelo fitoplâncton são influenciadas pela presença de nutrientes, como o fósforo. A dieta alimentar é uma importante via de exposição de metais para os organismos zooplanctônicos. Neste sentido, para compreender melhor o impacto de metais em corpos aquáticos com diferentes condições de nutrientes é necessário elucidar a interação entre metais e nutrientes no que diz respeito ao seu efeito na biota. O objetivo geral deste trabalho será avaliar o efeito da alga Raphidocelis subcapitata expostas a diferentes combinações de fósforo e zinco para o microcrustáceo Ceriodaphnia silvestrii. A clorofícea R. subcapitata será exposta ao fósforo (2,3x10-4 mol L-1; 2,3×10-6 mol L1 e 6,7×10-7 mol L1 P) e ao zinco (1x10-7 mol L-1, 1,22x10-6 e 2,45x10-6 mol L-1 Zn). O metal acumulado pela alga será determinado. Posteriormente, células algais serão oferecidas como alimento ao microcrustáceo, em testes de toxicidade crônica. As variáveis bionômicas (tempo de desenvolvimento embrionário, idade da primeira reprodução, número de ovos e de neonatos produzidos pelas fêmeas e sobrevivência dos adultos) da espécie zooplanctônica serão avaliadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODGHER, SUZELEI; CONTADOR, THAIS M.; ROCHA, GISELI S.; ESPINDOLA, EVALDO L. G.. Effect of phosphorus on the toxicity of zinc to the microalga Raphidocelis subcapitata. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 92, n. 2, . (15/19415-1, 16/22620-9)
RODGHER, SUZELEI; DE PAULO, FERNANDA CAMPOS; COSTA, MARINA GRANDCHAMP; CONTADOR, THAIS MIIKE; ROCHA, GISELI SWERTS; GAETA ESPINDOLA, EVALDO LUIZ. Effects of Phosphorus and Zinc on the Neotropical Cladoceran Ceriodaphnia silvestrii by Dietary Routes. WATER AIR AND SOIL POLLUTION, v. 231, n. 1, . (15/23951-6, 16/22620-9, 15/19415-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.