Busca avançada
Ano de início
Entree

Glycoarray eletroquímico baseado em funções de imitância como plataforma tecnológica em glicobiologia

Processo: 16/17185-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Bueno
Beneficiário:Adriano dos Santos
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/22820-7 - Sistemas de detecção ultrasensíveis livre de rotulação para testes clínicos por meio de imitância eletroquímica, AP.TEM
Assunto(s):Espectroscopia de impedância eletroquímica   Eletroanalítica   Eletroquímica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:eletroanalítica | Eletroquímica | Espectroscopia de Impedância Eletroquímica | Funções de imitância | Glicobiologia | Glycoarray | Eletroanálise

Resumo

Os carboidratos estão envolvidos em inúmeras funções biológicas como sinalização e invasão celular, estruturação e estabilidade de proteínas e no aparecimento de doenças como o câncer. A glicobiologia, ciência que se dedica a estudar as estruturas e as funções dos carboidratos nos seres vivos, tem se empenhado em investigar as interações entre os carboidratos com diferentes proteínas, como lectinas e enzimas. Uma das ferramentas que os glicobiólogos utilizam na elucidação dessas interações é o glycoarray, uma metodologia que permite obter informações sobre o reconhecimento biomolecular de uma proteína específica com um grande conjunto de carboidratos ou glicanas. Entretanto, as metodologias disponíveis na atualidade são onerosas, complexas ou de limitada acessibilidade. Por outro lado, as técnicas eletroquímicas, em especial a espectroscopia de impedância eletroquímica utilizando as funções de imitância, permite o desenvolvimento de dispositivos de rápida análise, miniaturizáveis, multiplexáveis, sensíveis, fácil manuseio e sem necessidade de marcar a proteína sendo investigada. Em combinação com essa técnica, o uso de peptídeos anti-incrustantes modificados ou não com grupo redox e/ou glicanas possibilitaria obter uma nova tecnologia para o desenvolvimento de glycoarray eletroquímico com as características de análise desejadas associada com baixa interação não específica. Neste contexto, esse projeto tem como objetivo desenvolver uma nova abordagem para glycoarray eletroquímico baseado na transdução por funções de imitância utilizando peptídeos anti-incrustantes modificados ou não com grupo redox e/ou glicanas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARROTE, BEATRIZ L.; SANTOS, ADRIANO; BUENO, PAULO R.. Label-free capacitive assaying of biomarkers for molecular diagnostics. Nature Protocols, v. 15, n. 12, . (17/02974-3, 18/26273-7, 16/17185-1, 17/24839-0)
CECCHETTO, JULIANA; SANTOS, ADRIANO; MONDINI, ADRIANO; CILLI, EDUARDO M.; BUENO, PAULO R.. Serological point-of-care and label-free capacitive diagnosis of dengue virus infection. BIOSENSORS & BIOELECTRONICS, v. 151, . (16/17185-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.