Busca avançada
Ano de início
Entree

As transformações da paisagem e o diálogo dos saberes como base para o manejo conservacionista do solo agrícola

Processo: 17/01373-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:João Osvaldo Rodrigues Nunes
Beneficiário:Jessica de Sousa Baldassarini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia física   Sustentabilidade   Agricultura sustentável   Agricultura   Manejo do solo

Resumo

O projeto de tese se pauta no fato de que, o planejamento e manejo conservacionista do solo agrícola ao basear-se no uso racional, economicamente viável e ambientalmente sustentável deste elemento natural deve se embasar em uma construção geográfica de articulação entre as dinâmicas naturais e de uso e ocupação do espaço geográfico pelos sujeitos sociais. Construção esta que se efetiva pela fusão dos conhecimentos acadêmico-científico e o saber popular, resultando em um diálogo de saberes que permita pensar e agir em prol de uma agricultura participativa, sustentável e ecológica. A perspectiva de abordagem teórico-metodológica da proposta se dará pelo viés de uma Geografia da conjunção das áreas ambientais e das humanidades, da dialógica do pensamento complexo, do diálogo dos saberes e da agroecologia, enquanto embasamentos para a elaboração de políticas de planejamento conservacionista do solo agrícola como práxis socialmente coletiva. O objetivo desta pesquisa é realizar o diagnóstico das transformações da paisagem e do uso do solo considerando as espacializações e correlações entre quatro elementos principais: cultivos agrícolas, formas de manejo, condições ambientais do solo e produtividade. Estes elementos servirão de base para a discussão e construção coletiva do planejamento conservacionista do solo agrícola de uma propriedade rural localizada no município de Getulina (SP). A partir de um estudo que considere as dinâmicas agrícolas dos espaços rurais, constituído por meio de demandas globais, interesses de sujeitos sociais, as dinâmicas da natureza e as formas de apropriação do espaço geográfico, buscar-se-á elaborar estratégias de ação que visem, concomitantemente, promover a produtividade e a qualidade do solo. A análise partirá, no nível da propriedade rural, da historicidade da tradição produtiva sobre o ecossistema local, fundamentada nos conhecimentos dos sujeitos locais, bem como no técnico, que será construído pela análise da paisagem e dos atributos do solo, buscando entender como estes respondem as dinâmicas produtivas e de manejo aplicadas. A espacialização destes elementos, com o auxílio da geoestatística, formará uma base de dados que subsidiará a implementação de medidas de conservação e manejo, fundamentadas na articulação da agroecologia, enquanto busca por agroecossistemas sustentáveis, com o diálogo dos saberes, que valoriza o conhecimento local dos agroecossistemas e que se coloca enquanto estratégia de enfrentamento dos problemas socioambientais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. As crises da relação sociedade-natureza: um diálogo em busca das (re)conexões. 2021. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente Presidente Prudente.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.