Busca avançada
Ano de início
Entree

Capital financeiro e land grabbing: o uso das técnicas da informação pela SLC Agrícola para a captura da renda da terra

Processo: 17/00346-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Samuel Frederico
Beneficiário:Yuri Martenauer Saweljew
Instituição Sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia econômica   Capital financeiro   Fronteira agrícola   Renda da terra   Financeirização   Uso do solo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Financeirização da agricultura | Fronteira agrícola | Land Grabbing | renda da terra | Técnicas da informação | Uso do Território | Geografia Econômica

Resumo

Nos momentos de forte expansão financeira da geografia histórica do capitalismo, como no atual período da globalização, a lógica financeira ao se autonomizar diante das sociedades e da economia real, impõe suas normas de rentabilidade às empresas e ao território. Deste modo, para a compreensão da relação entre o atual fenômeno de financeirização da economia e o uso agrícola do território brasileiro, analisaremos como as técnicas da informação permitem a captura da renda fundiária a partir da atuação da empresa SLC Agrícola. Na tentativa de apreender e qualificar suas estratégias, a pesquisa comporta a abordagem de três aspectos principais: a) como o uso de sistemas de informação geográfica (SIG) possibilitam a prospecção das áreas de maior potencial produtivo, a partir da criação e uso de banco de dados de terras; b) como os sistemas técnicos agrícolas permitem a captura da renda produzida da terra, por meio da transformação de terra bruta (coberta com vegetação nativa) em áreas altamente produtivas; c) e a estratégia de formação de bancos de terras (controle de terras ainda não transformadas), para transformação futura como forma de demonstrar o potencial de crescimento da empresa e atração de novos investidores, caracterizando-se como formas de renda absoluta. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SPADOTTO, BRUNO REZENDE; MARTENAUER SAWELJEW, YURI; FREDERICO, SAMUEL; TEIXEIRA PITTA, FABIO. Unpacking the finance-farmland nexus: circles of cooperation and intermediaries in Brazil. GLOBALIZATIONS, v. 18, n. 3, p. 21-pg., . (16/08587-9, 17/00346-5, 16/24186-4, 17/12100-0)
SPADOTTO, BRUNO REZENDE; MARTENAUER SAWELJEW, YURI; FREDERICO, SAMUEL; TEIXEIRA PITTA, FABIO. Unpacking the finance-farmland nexus: circles of cooperation and intermediaries in Brazil. GLOBALIZATIONS, v. 18, n. 3, SI, . (17/00346-5, 16/24186-4, 16/08587-9, 17/12100-0)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SAWELJEW, Yuri Martenauer. Capital financeiro e land grabbing: o uso das técnicas da informação para a captura da renda da terra. 2019. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Geociências e Ciências Exatas. Rio Claro Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.