Busca avançada
Ano de início
Entree

Relações entre as condições ambientais e fisiológicas de atividade e sua importância para alterações da distribuição de sapos frente às mudanças climáticas

Processo: 16/01782-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Carlos Arturo Navas Iannini
Beneficiário:Braz Titon Junior
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/16320-7 - Impactos das mudanças climáticas e ambientais sobre a fauna: uma abordagem integrativa, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Anura   Ecofisiologia   Fisiologia da conservação   Mudança climática
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:anuros | Ecofisiologia | Fisiologia da Conservação | Mudanças ambientais | Mudanças Climáticas | Temperatura | Pesquisa em ecologia das mudanças climáticas

Resumo

O aumento da temperatura devido às mudanças climáticas globais é um dos principais responsáveis por uma redistribuição das espécies em todos os biomas e ecossistemas. Quando ajustes fenotípicos ou adaptações genéticas não são suficientes para suportar as alterações ambientais em determinada população, existe alta probabilidade de extinção. Para lagartos, a extinção pode chegar de 16% a 30% das espécies entre 2050 e 2080. Essa função para predição de possíveis alterações nos padrões de distribuição e/ou extinção em lagartos foi modelada a partir de dados fisiológicos de curvas de tolerância em função da temperatura e de características de temperatura das áreas de ocorrência das espécies. Para os anfíbios, as características hídricas juntamente com a temperatura parecem ser muito consistentes na determinação da ocorrência das espécies. Apesar da existência de dados fisiológicos relacionados ao balanço hídrico e de curvas de desempenho considerando temperatura e nível de hidratação para algumas espécies, não existem dados de observação das condições climáticas em que os animais se encontram em atividade na natureza, bem como das possíveis restrições hídricas e térmicas oferecidas pelo ambiente. Adicionalmente, a condição corpórea e imunológica associadas ao estresse podem ser indicativos da restrição da atividade dos indivíduos. Assim, o objetivo deste estudo é investigar possíveis diferenças macro e microclimáticas na determinação de padrões de atividade para espécies do gênero Rhinella, além de investigar também as relações entre as condições fisiológicas e ambientais associadas aos seus padrões de atividade. Adicionalmente esse estudo fornecerá bases para a elaboração de modelos de distribuição fundamentados em cenários de variação climática que permitam avaliar situações de risco para esse grupo, incorporando curvas de desempenho descritas na literatura e as possíveis restrições ambientais consequentes do aquecimento global. Para isso serão investigas as condições ambientais e fisiológicas de atividade de espécies do gênero Rhinella em fragmentos com diferentes graus de degradação e em condição de semi-cativeiro através do monitoramento das temperaturas corpóreas, taxas de desidratação, tolerância voluntária à desidratação e das características climáticas ambientais (temperatura, umidade relativa e pluviosidade) e através da coleta de sangue, dosagem de corticosterona e avaliação da condição imunológica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TITON, STEFANNY C. M.; TITON JR, BRAZ; MUXEL, SANDRA M.; DE FIGUEIREDO, AYMAM C.; FLORESTE, FELIPE R.; LIMA, ALAN S.; GOMES, FERNANDO R.; ASSIS, VANIA R.. Day vs. night variation in the LPS effects on toad's immunity and endocrine mediators. COMPARATIVE BIOCHEMISTRY AND PHYSIOLOGY A-MOLECULAR & INTEGRATIVE PHYSIOLOGY, v. 267, p. 9-pg., . (16/01782-0, 15/23801-4, 19/24950-4, 14/16320-7)
TITON JUNIOR, BRAZ; TITON, STEFANNY CHRISTIE MONTEIRO; ASSIS, VANIA REGINA; BARSOTTI, ADRIANA MARIA GIORGI; VASCONCELOS-TEIXEIRA, RONYELLE; FERNANDES, PEDRO AUGUSTO CARLOS MAGNO; GOMES, FERNANDO RIBEIRO. LPS-induced immunomodulation and hormonal variation over time in toads. JOURNAL OF EXPERIMENTAL ZOOLOGY PART A-ECOLOGICAL AND INTEGRATIVE PHYSIOLOGY, v. 335, n. 6, p. 541-551, . (16/01782-0, 13/13691-1, 15/23801-4, 14/16320-7)
FLORESTE, FELIPE R.; TITON JR, BRAZ; TITON, STEFANNY C. M.; MUXEL, SANDRA M.; GOMES, FERNANDO R.; ASSIS, VANIA R.. Time Course of Splenic Cytokine mRNA and Hormones during a Lipopolysaccharide-Induced Inflammation in Toads. INTEGRATIVE AND COMPARATIVE BIOLOGY, v. N/A, p. 11-pg., . (15/23801-4, 14/16320-7, 16/01782-0, 19/24950-4, 20/00370-6)
TITON, STEFANNY CHRISTIE MONTEIRO; TITON JUNIOR, BRAZ; GOMES, FERNANDO RIBEIRO; ASSIS, VANIA REGINA. Short-term stressors and corticosterone effects on immunity in male toads (Rhinella icterica): A neuroimmune-endocrine approach. BRAIN, BEHAVIOR, & IMMUNITY - HEALTH, v. 13, p. 10-pg., . (13/00900-1, 15/23801-4, 14/16320-7, 16/01782-0)
FERREIRA, L. F.; NETO, P. G. GARCIA; TITON, S. C. M.; TITON, JR., B.; MUXEL, S. M.; GOMES, F. R.; ASSIS, V. R.. ipopolysaccharide Regulates Pro- and Anti-Inflammatory Cytokines, Corticosterone, and Melatonin in Toad. INTEGRATIVE ORGANISMAL BIOLOGY, v. 3, . (16/01782-0, 14/16320-7, 15/23801-4)
TITON, STEFANNY CHRISTIE MONTEIRO; JUNIOR, BRAZ TITON; ASSIS, VANIA REGINA; DE FIGUEIREDO, AYMAM COBO; FLORESTE, FELIPE RANGEL; LIMA, ALAN SIQUEIRA; GOMES, FERNANDO RIBEIRO. Testosterone immunomodulation in free-living and captive Rhinella icterica male toads. PHILOSOPHICAL TRANSACTIONS OF THE ROYAL SOCIETY B-BIOLOGICAL SCIENCES, v. 378, n. 1882, p. 10-pg., . (14/16320-7, 19/24950-4, 16/01782-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.