Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da disbiose intestinal em pacientes com artrite reumatoide e correlação com citocinas do padrão Th1 e Th17

Processo: 17/03463-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Gislane Lelis Vilela de Oliveira
Beneficiário:Guilherme Siqueira Pardo Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr Paulo Prata (FACISB). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Artrite reumatoide   Disbiose   Microbioma gastrointestinal   Citocinas

Resumo

Nos seres humanos, mais de cem trilhões de microrganismos, principalmente bactérias, colonizam o trato oral-gastrointestinal, e a grande maioria destes residem na porção distal do intestino e compreendem a chamada microbiota. As contribuições mais importantes da microbiota ao hospedeiro incluem a digestão e fermentação de carboidratos, produção de vitaminas, desenvolvimento de tecidos linfoides associados à mucosa, polarização de respostas imunes específicas e a prevenção da colonização por patógenos. No entanto, quando essa relação de mutualismo entre hospedeiro e comensal é interrompida, condição conhecida como disbiose, a microbiota intestinal pode causar ou contribuir para o desenvolvimento de doenças infecciosas, inflamatórias e autoimunes. O objetivo deste trabalho será avaliar a disbiose intestinal em pacientes com artrite reumatoide (AR) e correlacionar com as concentrações plasmáticas de citocinas do padrão Th1 e Th17. Serão incluídos pacientes e indivíduos controles atendidos nos postos associados à Secretaria de saúde do município de Barretos. O estudo está aprovado no comitê de ética em pesquisa (1269/2016) e ambos os grupos assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido e responderão ao questionário sócio-epidemiológico. As amostras de fezes serão colhidas pelos próprios indivíduos ou familiares em frascos coletores universais, após identificação e esclarecimentos a respeito da coleta. Os dados clínicos dos pacientes, tais como deformidades decorrentes da ruptura dos tendões e erosões articulares, acometimento da coluna cervical, manifestações extra-articulares, neurológicas, titulação de fator reumatoide, anti-CCP, velocidade de hemossedimentação, proteína C reativa, índices compostos de atividade da doença (ICAD), medidas da capacidade funcional (HAQ) e tratamento medicamentoso, serão registrados. O DNA bacteriano será extraído utilizando kit comercial e a caracterização da microbiota será realizada por PCR em tempo real utilizando primers para grupos bacterianos específicos. A dosagem de citocinas do padrão Th1 e Th17 será realizada por ensaios de ELISA. Os resultados da microbiota intestinal de pacientes e controles serão analisados utilizando o teste de Mann-Whitney e as correlações dos resultados da microbiota com os dados clínicos e sócio-epidemiológicos serão avaliadas pelo teste de Spearman. Esperamos encontrar diferenças na composição da microbiota intestinal de pacientes com AR em relação aos indivíduos sadios e possíveis correlações com os dados clínicos e citocinas do padrão Th1 e Th17. Estudos adicionais sobre a disbiose em doenças autoimunes são necessários, e possivelmente, no futuro, probióticos imunomoduladores possam auxiliar no tratamento da AR. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, GUILHERME S. P.; CAYRES, LEONARDO C. F.; GONCALVES, FERNANDA P.; TAKAOKA, NAUYTA N. C.; LENGERT, ANDRE H.; TANSINI, ALINE; BRISOTTI, JOAO L.; SASDELLI, CAROLINA B. G.; DE OLIVEIRA, V, GISLANE L. Detection of Increased Relative Expression Units of Bacteroides and Prevotella, and Decreased Clostridium leptum in Stool Samples from Brazilian Rheumatoid Arthritis Patients: A Pilot Study. MICROORGANISMS, v. 7, n. 10 OCT 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.