Busca avançada
Ano de início
Entree

Exigência de nitrogênio e manejo da adubação nitrogenada em cultivares de feijão comum de ciclo precoce

Processo: 16/18597-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 04 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Rogério Peres Soratto
Beneficiário:Fernando Vieira Costa Guidorizzi
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Phaseolus vulgaris   Nutrição mineral de plantas   Produtividade de grãos   Taxa de crescimento   Manejo e tratos culturais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Absorção de nitrogênio | Nutrição Mineral | Phaseolus vulgaris | produtividade de grãos | taxa de crescimento | Manejo e tratos culturais

Resumo

Recentemente, diversos cultivares de feijão comum de grão tipo carioca com ciclo precoce e habito determinado foram lançados. Para que esse tipo de cultivar possa expressar seu potencial produtivo, dentre outro fatores, se faz necessário o adequando manejo da adubação nitrogenada. Assim, o objetivo desse trabalho será estudar a taxa de extração de nitrogênio (N) e o manejo da adubação nitrogenada de cobertura em cultivares de feijão de ciclo precoce e hábito de crescimento determinado. No experimento I será adotado o delineamento em blocos casualizados no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas serão compostas por cultivares de feijão [Pérola (ciclo normal) e IAC Imperador, IPR Andorinha e IPR Curió (ciclo precoce)] e as subparcelas por épocas de amostragens realizadas quinzenalmente durante o ciclo da cultura. No experimento II será adotado o delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos serão constituídos a partir da combinação fatorial 3x7, sendo três cultivares de feijão (IAC Imperador, IPR Andorinha, IPR Curió) e sete manejo da adubação nitrogenada de cobertura [M1: testemunha - sem aplicação de N antecipado ou em cobertura; M2: 90 kg ha-1 de N em V3; M3: 90 kg ha-1 de N em V4; M4: 45 kg ha-1 de N em V3 + 45 kg ha-1 de N em R5; M5: tratamento referência para as leituras com clorofilômetro, com 90 kg ha-1 de N em V3 + 90 kg ha-1 de N em R5; M6: tratamento que receberá aplicação de N (30 kg ha-1) somente quando as leituras do clorofilômetro indicarem índice de suficiência de N < 90%, em relação ao tratamento M5; M7: aplicação de 90 kg ha-1 de N antecipado (um dia antes da semeadura)]. No experimento I serão avaliados: área foliar e índice de área foliar, acúmulo e partição matéria seca (MS) e N na parte aérea, taxa de acúmulo de MS e N na parte aérea, diagnose foliar, componentes de produção, produtividade de grãos e teor e exportação de N nos grãos. No experimento II serão avaliados: diagnose foliar, acúmulo de MS e N na parte aérea, componentes de produção, produtividade de grãos, teor de proteína bruta nos grãos e eficiência de utilização de N. Em ambos os experimentos os dados serão submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos serão comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. No experimento I, os resultados das épocas de amostragem serão avaliados por análise de regressão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GUIDORIZZI, Fernando Vieira Costa. Exigência de nitrogênio e manejo da adubação nitrogenada em cultivares de feijão-comum de ciclo precoce. 2019. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências Agronômicas. Botucatu Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.