Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de dispositivo analítico microfluídico em papel para análises de interesse clínico com detecção por fluorescência

Processo: 16/20847-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Helena Redigolo Pezza
Beneficiário:Eduardo Luiz Rossini
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/05993-1 - Paper-spray em espectrometria de massas como uma ferramenta para detecção de doping, BE.EP.DR
Assunto(s):Fluorescência   Microfabricação   Técnicas de laboratório clínico   Química verde
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análises Clinicas | Dispositivo microfluídico em papel | fluorescência | Química Verde | Microfabricação

Resumo

A nanotecnologia é uma ciência multidisciplinar que engloba atividades científicas e tecnológicas na escala de nanométrica, ou seja, inclui materiais de comprimento entre 1 e 100 nm em pelo menos uma dimensão. Os pontos quânticos são nanopartículas capazes de emitir luz na região do visível, quando excitados com radiação eletromagnética de maior energia que a emitida. Os PQs apresentam ampla aplicabilidade, mais especificamente os pontos quânticos de carbono (PQCs), pois além das propriedades dos PQs inorgânicos tradicionais, como luminescência dependente do tamanho e comprimento de onda, resistência a fotodegradação e fácil bioconjugação, os PQCs não apresentam toxicidade intrínseca, o que facilita a aplicação em amostras biológicas e são concordantes com a filosofia da Química Verde. A biocompatibilidade dos PQCs é de grande interesse para sua aplicação em análises clínicas, visto que a dosagem de diversos analitos tais como glicose, ácido úrico, creatinina, lactato, entre outros, fornecem informações importantes tais como função renal, doenças cardíacas e diabetes. Também, com a utilização de dispositivos microfluídicos em papel são desenvolvidos testes rápidos, precisos, de fácil utilização, sensíveis, que utilizam volumes de amostra e reagente reduzidos e disponíveis para aqueles que precisam, estando de acordo com o proposto pela Organização Mundial da Saúde. Dessa maneira, será estudado o desenvolvimento de µPAD para determinação simultânea de substância de interesse clínico utilizando o mesmo reagente fluorescente composto por pontos quânticos de carbono.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSSINI, EDUARDO LUIZ; MILANI, MARIA IZABEL; LIMA, LILIANE SPAZZAPAM; PEZZA, HELENA REDIGOLO. Paper microfluidic device using carbon dots to detect glucose and lactate in saliva samples. SPECTROCHIMICA ACTA PART A-MOLECULAR AND BIOMOLECULAR SPECTROSCOPY, v. 248, . (15/21733-1, 16/20847-6)
ROSSINI, EDUARDO LUIZ; MILANI, MARIA IZABEL; PEZZA, HELENA REDIGOLO. Green synthesis of fluorescent carbon dots for determination of glucose in biofluids using a paper platform. Talanta, v. 201, p. 503-510, . (15/21733-1, 16/20847-6)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROSSINI, Eduardo Luiz. Análises em dispositivos de papel: síntese de carbon dot aplicada à determinação de compostos de interesse clínico e paper-spray ionization para detecção direta de doping esportivo. 2020. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Química. Araraquara Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.