Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de superfície terrestre sobre a América do Sul através de parametrizações de superfície no Land Information System (LIS)

Processo: 16/14676-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 17 de julho de 2017
Vigência (Término): 16 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Gonçalves de Gonçalves
Beneficiário:Luis Gustavo Gonçalves de Gonçalves
Anfitrião: Xubin Zeng
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Arizona, Estados Unidos  
Assunto(s):Hidrometeorologia   Assimilação de dados

Resumo

A qualidade das previsões de tempo e clima estão relacionadas não somente com a qualidade do modelo numérico empregado, mas também às condições inicias e de contorno. Com o avanço de estudos que buscam um melhor entendimento do sistema físico climático, surge a necessidade de simulações numéricas que integrem as diferentes componentes do sistema terrestre. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) através de seu Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) tem investido nos últimos anos no desenvolvimento de um modelo brasileiro do sistema terrestre (BESM - Brazilian Earth System Model) onde uma das áreas que necessita atenção, em particular sobre o Brasil e América do Sul, está relacionada às parametrizações ligadas à superfície terrestre. Estas por sua vez permitem uma representação dos reservatórios de umidade, energia e carbono (incluindo os processos biogeoquímicos) tendo um papel fundamental nas simulações de médio a longo prazo. Desde 2005, a Agência Espacial Norte Americana (NASA) tem investido em uma infra-estrutura voltada à integração de parametrizações de superfície (LIS - Land Information System) para estudos voltados a melhoria da qualidade dos campos de estados da superfície como umidade e temperatura do solo ou processos dinâmicos de vegetação, além de seu acoplamento em modelos de previsão de tempo e clima. Esse projeto busca o trabalho conjunto com pesquisadores com experiência em modelagem de superfície, na University of Arizona para a utilização do LIS para uso sobre a América do Sul (e posteriormente Global) através de um sistema de assimilação de superfície terrestre (LDAS - Land Data Assimilation System). Este trabalho tem como benefício futuro permitir ao CPTEC/INPE testar diferentes parametrizações de superfície em seu sistema de modelagem atmosférica como contribuição para seu modelo do sistema terrestre.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)