Busca avançada
Ano de início
Entree

Bem-vindos a Washington: desconfiando do narrador em 'House of Cards'

Processo: 16/04344-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Cinema
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Esther Império Hamburger
Beneficiário:Giancarlo Casellato Gozzi
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/23939-1 - A interação entre o debate público nos EUA e 'House of Cards', BE.EP.MS
Assunto(s):Filmes   Narração

Resumo

Nesse início de milênio, narrativas audiovisuais seriadas vêm recebendo atenção do público e da crítica, o que justificou o surgimento de um campo específico de Estudos de Televisão e de uma literatura especializada, inicialmente aglutinada em torno do termo televisão de qualidade (Machado 2000, McCabe; Akass 2007). Paradoxalmente, ao mesmo tempo em que se fala atualmente da "morte da TV", o meio se distingue devido à complexificação da construção de seus universos diegéticos, e de seu uso consciente e inovador de convenções cinematográficas. Dentro desta perspectiva, o lançamento da série dramática House of Cards (Beau Willimon, Netflix, 2013-) por parte da empresa de streaming Netflix trouxe novas indagações e problemáticas para essa discussão. Embora mantenha as convenções da serialidade, apresentando capítulos e temporadas, ela oferece a possibilidade da fruição concentrada (binge-watching), com o tempo da visualização controlado pelos espectadores, uma alternativa à TV convencional. A série se distingue também em termos narrativos, em especial pelo seu uso bastante reflexivo do aparte, momento em que um personagem (neste caso o protagonista, o político corrupto Frank Underwood) olha para a câmera e fala com ela (e consequentemente com sua audiência extradiegética). A partir deste inovador uso do aparte, o presente projeto pretende se debruçar na construção dos mecanismos narrativos da série, a partir de uma análise das metamorfoses pelas quais este aparte passa ao longo das temporadas e por uma análise estilística da série. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)