Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise estatística da resistência das interfaces solo-geossintético e sua influência na estimativa da probabilidade de falha interna de muros de solo reforçado

Processo: 16/17015-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 21 de maio de 2017
Vigência (Término): 20 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Geotécnica
Pesquisador responsável:Jefferson Lins da Silva
Beneficiário:Jefferson Lins da Silva
Anfitrião: Maria de Lurdes da Costa Lopes
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade do Porto (UP), Portugal  
Assunto(s):Geossintéticos

Resumo

Este projeto, com duração prevista de três meses, a ser realizado na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, FEUP (Porto, Portugal), insere-se na linha de pesquisa intitulada confiabilidade geotécnica, iniciada pelo proponente em 2013. O projeto visa à continuidade do desenvolvimento da pesquisa, que elabora procedimentos para estimativa da probabilidade de falha de estruturas de solo reforçado com geossintéticos a partir de simulações numéricas e processos de otimização matemática. O objetivo principal deste projeto de pós-doutoramento é analisar o comportamento estatístico da resistência das interfaces solo-geossintético e sua influência na estimativa da probabilidade de falha interna de muros de solo reforçado. Inicialmente, serão analisadas diferentes distribuições estatísticas cujo domínio são os parâmetros de resistência das interfaces solo-geossintético obtidos a partir do conjunto de resultados dos ensaios cisalhamento direto, plano inclinado, arrancamento monotônico e cíclico, considerando principalmente o banco de dados dos Laboratórios de Geossintéticos da USP e da FEUP. Adicionalmente, será estimada a probabilidade de falha interna de muros de solo reforçado com geossintéticos por meio de duas abordagens: a primeira com a utilização de equações de estado limite por meio do Método de Confiabilidade de Primeira Ordem (FORM, sigla em inglês) e a segunda com a simulação de Monte Carlo a partir de simulações numéricas realizadas no programa comercial GeoStudio 2012, do qual o proponente possui licença de uso desde 2014. Espera-se trazer benefícios ao meio acadêmico, constituindo referências para futuras aplicações, sobretudo em termos da verificação de segurança de muros de solos reforçados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)