Busca avançada
Ano de início
Entree

(in)visibilidades: as sexualidades através de um canal de humor e informação que "saiu do armário" nas mídias digitais

Processo: 16/09205-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Larissa Maués Pelúcio Silva
Beneficiário:Patrícia Aurora Corrêa Mazoti
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Sexualidade   Homossexualidade   Mídia digital   Teoria queer   Humor
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Mídias digitais | regimes de visibilidade | Sexualidade | Teoria Queer | Antropologia Urbana

Resumo

As experiências subjetivas na contemporaneidade são entrecruzadas pela conexão contínua mediada pelas mídias digitais. Partindo desta perspectiva, buscamos, com este projeto de pesquisa, propor a análise das possibilidades de representações da diferença que constituem formas de ser e estar no mundo, perpassadas pelas sexualidades produzidas pelas/os seguidoras/es do canal Põe na Roda que trabalha com um tipo de humor e informação que é produzido por e para sujeitos que vivem seu desejo fora da norma heterossexual. Procuraremos refletir sobre a relevância social da criação e propagação do conteúdo emitido pelo canal na construção das (in)visibilidades referente ao imaginário das sexualidades no Brasil e essa problematização contará com o embasamento teórico-metodológico fornecido pela teoria queer. Através da etnografia online, no trabalho de campo levantarei dados por meio do estudo de recepção nos comentários efetuados pelas/os seguidoras/es nos vídeos do canal no YouTube. Observarei a interação nas páginas oficiais do canal no Facebook. Por fim, na busca em compreender como os que não se enquadram no modelo heterossexual (auto)refletem, apreendem e elaboram os seus discursos, serão realizadas entrevistas semiestruturadas e conversas espontâneas com as/os seguidoras/es por intermédio das mídias digitais e/ou presencialmente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)