Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da citologia, genética e biologia reprodutiva de espécies de Paspalum do grupo Plicatula para o estabelecimento de um programa amplo de hibridações.

Processo: 16/16940-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Alessandra Pereira Fávero
Beneficiário:Alessandra Pereira Fávero
Anfitrião: Russell William Jessup
Instituição-sede: Embrapa Pecuária Sudeste. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Texas A&M University, Estados Unidos  
Assunto(s):Cobertura vegetal

Resumo

Quase 80% das pastagens brasileiras são formadas com espécies forrageiras exóticas, principalmente do gênero Brachiaria. O uso de espécies nativas de Paspalum pode diversificar a oferta de cultivares forrageiras no Brasil e em países vizinhos. Como cobertura vegetal, P. notatum já é amplamente cultivada, conhecida como grama-batatais. A maioria das espécies do grupo informal Plicatula é tetraploide e apomítica. A descoberta de citotipos diploides e sexuais e a obtenção de protocolos de poliploidização dos mesmos viabilizou os cruzamentos intra e interespecíficos no gênero Paspalum. Sabe-se que é muito alta a diversidade genética no gênero Paspalum com relação a muitos aspectos bióticos e abióticos de interesse ao programa de melhoramento genético. Acredita-se que seja possível nesta proposta: 1) identificar acessos diplóides sexuais em espécies do grupo Plicatula, 2) desenvolver germoplasma tetraploide sexual sintético, 3) hibridizar o tipo sexual tetraploide-induzido com tetraploides elites apomíticos, 4) se necessário, usar metodologias de resgate de embrião para recuperar os híbridos e 5) se híbridos não forem recuperados, o uso de microscopia de fluorescência será utilizado para examinar as interações polen-pistilo para compreender as barreiras de fertilização, 6) uso de marcadores moleculares se possível. Todas estas atividades serão de fundamental importância para o desenvolvimento do programa de melhoramento genético de Paspalum no Estado de São Paulo, abrindo novas possibilidades de desenvolvimento de cultivares, ampliando a variabilidade genética disponível para o produtor, principalmente em áreas vulneráveis a estresse bióticos e abióticos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)