Busca avançada
Ano de início
Entree

Trabalho imaterial e precarização no contexto das tecnologias da informação e da comunicação: uma comparação Brasil-França

Processo: 16/18389-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Henrique José Domiciano Amorim
Beneficiário:Henrique José Domiciano Amorim
Anfitrião: Michael Lowy
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Local de pesquisa: École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), França  
Assunto(s):Condições de trabalho   Brasil   França (país)

Resumo

A finalidade deste projeto de pesquisa é desenvolver um estudo sobre as formas de apropriação do trabalho imaterial no setor de tecnologia, teleatendimento e P&D. Apesar da conservação das relações de produção capitalista, parece ter se estruturado um novo continente produtivo baseado na utilização de formas de trabalho (não manuais) distintas daquelas que marcaram a produção capitalista até os anos 1960. À primeira vista, esse tipo de atividade produtiva não se fundamentaria como uma forma de organização do trabalho tradicional, típica do padrão de acumulação taylor-fordista, na medida em que acionaria predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos. Não obstante, as novas formas de trabalho, sobretudo as imateriais, parecem ainda, apesar de suas diferenças, responderem à lógica da produção e da reprodução do lucro. Nesse sentido, a caracterização, por um lado, de um novo cenário no qual as relações de produção capitalista se reproduzem, mas que, por outro, se alteram radicalmente as formas de produção e reprodução de mercadorias, parecem hoje ter relação direta com a produção imaterial. Por conta disso, faz-se necessário analisar o que há de novo e o que se conserva nas relações e condições de trabalho que têm como característica central a utilização da cognição, da informação, da comunicação, da intelectualidade e da criatividade. Isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho imaterial se difunde como atividade produtiva e de serviços e quais são as condições de trabalho que configuram esse tipo de produção nas sociedades contemporâneas. Neste sentido, temos como objetivo central de nossa pesquisa no exterior realizar uma pesquisa bibliográfica e em bancos de dados, além de uma incursão empírica sobre e no setor de tecnologia, teleatendimento e P&D, o que nos possibilitará fundamentar teórica e empiricamente comparações entre as formas de utilização do trabalho imaterial no Brasil e na França. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)