Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da esporotricose em gatos domésticos no município de Guarulhos, Estado de São Paulo

Processo: 16/16023-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Nilson Roberti Benites
Beneficiário:Fernanda Fidelis Gonsales
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Esporotricose   Doenças transmissíveis   Gatos   Sporothrix

Resumo

A esporotricose é a micose subcutânea mais frequente em áreas urbanas. É uma doença de distribuição mundial, ocorrendo principalmente em regiões tropicais e subtropicais. Clinicamente a doença é caracterizada como uma micose subcutânea, apresentando lesões com característica pápulo-nodular ou ulcero gomosa. Em geral, é adquirida pela inoculação traumática do agente na pele, através do contato com solos e objetos contaminados, e por arranhadura, mordedura ou contato direto com lesões de animais infectados. Em humanos, casos graves de esporotricose são raros; no gato doméstico, porém, o quadro clínico é bastante diverso, podendo apresentar formas sistêmicas fatais. Embora haja descrição de outros animais como possíveis transmissores da doença, nenhum deles apresenta um potencial zoonótico importante como o do gato. Ainda que a ocorrência de esporotricose em animais, principalmente em gatos, e sua transmissão para humanos já tenha sido descrita em diversos países, em nenhum outro lugar a doença assumiu proporções epidêmicas como no Brasil. O atraso no diagnóstico e tratamento dos gatos podem levar a rápida dispersão da doença através dos membros da comunidade. Assim, o objetivo do presente trabalho é analisar a epidemiologia das cepas do complexo Sporothrix schenckii, em relação aos aspectos fenotípicos, moleculares e de suscetibilidade aos fármacos, isoladas de gatos domésticos (Felis catus) no município de Guarulhos, Estado de São Paulo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONSALES, FERNANDA F.; FERNANDES, NATALIA C. C. A.; MANSHO, WILSON; MONTENEGRO, HILDEBRANDO; GUERRA, JULIANA M.; DE ARAUJO, LEONARDO JOSE T.; DA SILVA, SILVANA M. P.; BENITES, NILSON R.. Feline Sporothrix spp. detection using cell blocks from brushings and fine-needle aspirates: Performance and comparisons with culture and histopathology. VETERINARY CLINICAL PATHOLOGY, v. 48, n. 1, p. 143-147, . (16/11583-5, 16/16023-8)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONSALES, Fernanda Fidelis. Estudo da esporotricose em gatos domésticos no município de Guarulhos, estado de São Paulo. 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.