Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de sobrevivênvia ao huanglongbing e desempenho horticultural de laranjeira valência enxertada em 16 cultivares de porta-enxerto de citros

Processo: 16/17480-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Eduardo Sanches Stuchi
Beneficiário:Jardel Diego Barbosa Rodrigues
Instituição-sede: Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro (EECB). Fundação de Pesquisas Agroindustriais de Bebedouro (FUPAB). Bebedouro , SP, Brasil
Assunto(s):Citricultura   Greening (doença de planta)   Citrus   Laranja   Poncirus trifoliata   Tolerância

Resumo

O Brasil é um dos maiores produtores de frutas cítricas no mundo, e atualmente, o huanglongbing (HLB) é uma das doenças mais importante e devastadora da citricultura mundial. Ela está presente no país, mais especificamente no Estado de São Paulo, desde 2004 e já causou sérios prejuízos à citricultura paulista. Causada por três espécies de bactérias, Candidatus Liberibacter asiaticus, Ca. L. africanus e Ca. L. americanos, sendo que no Estado de São Paulo ocorrem às espécies americana e asiática. Essas bactérias são transmitidas pela espécie de psilídeos, Diaphorina citri. A verificação de quaisquer níveis de maior sobrevivência das plantas de citros ao HLB em combinação com qualquer porta-enxerto poderá contribuir para o avanço significativo no manejo do HLB. O presente projeto tem por objetivo analisar o desempenho horticultural de combinações cítricas compostas por laranjeira Valência enxertada em 16 cultivares de porta-enxerto e sua sobrevivência ao HLB, com o intuito de selecionar combinações com maior resiliência à enfermidade. O experimento foi instalado em 2011 na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado com 16 tratamentos (porta-enxertos) com 30 repetições. A evolução do HLB em cada combinação copa/porta-enxerto será avaliada por meio de avaliações periódicas assim como o desempenho horticultural da planta. Os resultados das avaliações do progresso do HLB serão submetidos à a análise de sobrevivência e os das variáveis horticulturais serão analisados meio do teste de Fisher e as médias comparadas pelo método de Scott-Knott (P<0,05). Espera-se encontrar combinações de bom desempenho horticultural e maior taxa de sobrevivência ao HLB. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)