Busca avançada
Ano de início
Entree

Farmacogenética clínica dos enantiômeros do ibuprofeno após exodontias de terceiros molares inferiores

Processo: 16/12671-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 03 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Carlos Ferreira dos Santos
Beneficiário:Giovana Maria Weckwerth
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/04157-5 - Farmacogenética clínica dos enantiômeros do ibuprofeno após exodontias de terceiros molares inferiores, BE.EP.DR
Assunto(s):Trismo   Farmacogenética   Farmacologia clínica   Edema   Dor   Ibuprofeno

Resumo

Os anti-inflamatórios não esteroidias estão disponíveis no mercado e são altamente consumidos pela população para o controle de processos inflamatórios dolorosos crônicos e agudos. A extração de terceiros molares inferiores é o modelo preconizado para a avaliação do efeito de fármacos, pois esse procedimento gera dor, edema e trismo. A família do citocromo P450 (CYP) principalmente os genes CYP2C8 e CYP2C9 são responsáveis pela metabolização dos AINES. Nesse contexto a farmacogenética, área da farmacologia que estuda a contribuição de polimorfismos e fatores genéticos para a variabilidade das respostas individuais ao metabolismo dos fármacos, vem crescendo e obtendo resultados com sua utilização clínica. Além da possível influência de biomarcadores genéticos e teciduais, o sistema inibitório descendente da dor também pode impactar na resposta e efeitos dos AINES, e uma maneira de verificar seu funcionamento é por meio da modulação da dor condicionada. Nesse aspecto, o receptor opioide OPRM1, tem sido vastamente estudado pela farmacogenética, devido à sua variação estrutural, e sua função em uma variedade de desordens dolorosas. O receptor opióide µ- (MOR), codificado pelo gene OPRM1, regula naturalmente a resposta analgésica à dor. Variabilidades genéticas no gene OPRM1, particularmente o SNP A118G, têm sido associados a um número de efeitos funcionais.O objetivo deste estudo será então avaliar o elo entre os diferentes haplótipos dos genes CYP2C8 e CYP2C9, e a eficácia clínica do ibuprofeno, após exodontias de terceiros molares inferiores em relação à dor, edema e trismo, reações adversas, necessidade de utilização de medicação analgésica de socorro e satisfação do paciente em relação ao medicamento com a sua capacidade de modulação de dor condicionada pré-operatória. Avaliaremos também, a relação entre os diferentes haplótipos do gene OPRM1 (SNP A118G), as concentrações salivares das citocinas pró-inflamatórias (IL-2, IL-4, IL-6, IL-10 e TNF-±), e a modulação de dor condicionada pré-operatória.Para tanto, 200 pacientes serão genotipados e fenotipados para esses genes e suas fichas pós-operatórias com todos esses dados serão confrontadas com os haplótipos encontrados na população brasileira. Para análise dos genes propostos será coletada saliva, que servirá como fonte de DNA genômico. Para análise molecular será realizada a técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR), sendo utilizados ensaios produzidos e validados pela empresa Applied Biosystems®. Será realizado também, no projeto Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior - BEPE, o sequenciamento genético dos genes CYP2C8, CYP2C9 e OPRM1, para verificação de possíveis novas correlações destes genes com a dor pós-operatória e modulação de dor. O Estágio será realizado sob a supervisão do Professor Howard Jacob, que é Fundador, Presidente e Diretor Científico da Envision Genomics, Inc. em Huntsville, Alabama, Estados Unidos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WECKWERTH, GIOVANA M.; DIONISIO, THIAGO J.; COSTA, YURI M.; COLOMBINI-ISHIQUIRIAMA, BELLA L.; OLIVEIRA, GABRIELA M.; TORRES, ELZA A.; BONJARDIM, LEONARDO R.; CALVO, ADRIANA M.; MOORE, TROY; ABSHER, DEVIN M.; et al. CYP450 polymorphisms and clinical pharmacogenetics of ibuprofen after lower third molar extraction. EUROPEAN JOURNAL OF CLINICAL PHARMACOLOGY, v. 77, n. 5, . (16/12671-5, 18/04157-5)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WECKWERTH, Giovana Maria. Farmacogenética clínica dos enantiômeros do ibuprofeno após exodontias de terceiros molares inferiores. 2020. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/SDB) Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.