Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do papel das vias reguladas pelo microrna156 no controle do desenvolvimento inicial do ovário de tomateiro (Solanum lycopersicum L.) por mecanismos transcricionais e pós-traducionais

Processo: 16/05073-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Fabio Tebaldi Silveira Nogueira
Beneficiário:João Paulo de Oliveira Corrêa
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/13316-0 - Análise de imagens em 4D de microscopia confocal em meristemas florais de genótipos com modificações nas rotas genéticas controladas por giberelina e miR156, BE.EP.DR
Assunto(s):Tomateiro   MicroRNAs

Resumo

O desenvolvimento do fruto carnoso é um importante fator agronômico, e o entendimento dos fatores que controlam esse processo é a base para o avanço de ferramentas biotecnológicas com aplicações em várias culturas. Membros de várias famílias gênicas envolvidas na formação do fruto, desde o processo inicial de desenvolvimento dos carpelos até as etapas finais do amadurecimento, são alvos de regulação por pequenos RNAs não codantes, caracterizando redes regulatórias em que esses RNAs exercem papel central. Um exemplo é a família de fatores de transcrição do tipo SQUAMOSA promoter binding protein-like (SPL/SBP), na qual alguns membros são regulados pós-transcricionalmente pelo microRNA156 (miR156). A superexpressão do miR156 em plantas de tomateiro (Solanum lycopersicum cv. Micro-Tom) levou à desregulação de genes relacionados ao estabelecimento de limites entre órgãos e manutenção de meristemas, como GOBLET (GOB, gene-alvo do miR164) e Tomato Knotted2 (TKN2). Homólogos de TKN2 e GOB interagem diretamente entre eles na regulação do desenvolvimento foliar em Arabidopsis thaliana. Além disso, foi demonstrado que o fator de transcrição SPL9 de arabidopsis, homólogo de SlySBP15 de tomateiro, controla uma rede pós-traducional de regulação da complexidade foliar, que também envolve genes cujos homólogos em tomateiro (LANCEOLATE e GOBLET) estão relacionados ao controle do desenvolvimento do ovário. Este trabalho possui o objetivo principal de elucidar os mecanismos transcricionais e pós-traducionais pelo quais a via miR156/SBP regula o desenvolvimento inicial do ovário em tomateiro

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CORRÊA, João Paulo de Oliveira. O desenvolvimento do gineceu e fruto em tomateiro é coordenado pela interação entre giberelina e microRNAs. 2019. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALA/BC) Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.