Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desempenho das técnicas moleculares de DNA Microarray e LAMP para diagnóstico e seguimento de pacientes com Meningite Criptocócica

Processo: 16/12414-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Luiza Moretti
Beneficiário:Pamella Stivanelli
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular   Meningite criptocócica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cryptococcus gatti | Cryptococcus neoformas | Diagnóstico Molecular | Meningite criptocócica | Clinica Médica

Resumo

A Meningite criptocócica é uma infecção causada por leveduras do gênero Cryptococcus que acomete principalmente pacientes com HIV, imunodeprimidos e transplantados de órgãos. Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii são espécies que causam meningite criptocócica em humanos, sendo que C.gattii apresenta quadros mais graves do que C. neoformans e têm sido propostos esquemas terapêuticos diferenciados para cada espécie. Sendo assim, o objetivo desse trabalho é avaliar o desempenho das técnicas moleculares de DNA microarray e LAMP para diferenciar C. gattii e C. neoformans diretamente de amostras clínicas de líquor obtidas de pacientes com meningite criptocócica . Serão incluídos pacientes atendidos no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, Campinas - SP com amostras de líquor determinadas como positivas para Cryptococcus spp. no Laboratório de Microbiologia do HC/Unicamp. Amostras de líquor negativas para micro-organismos ou positivas para bactéria serão utilizadas como controle negativo das reações. O DNA fúngico será obtido diretamente do líquor e submetido à identificação por DNA microarray e LAMP. Os resultados serão comparados à identificação obtida pelo sequenciamento de DNA e microbiologia convencional. Os isolados de Cryptococcus spp. serão também testados quanto à sensibilidade a antifúngicos e haverá a coleta dos dados clínicos dos pacientes incluídos do projeto. Por essas análises pretende-se estabelecer técnicas moleculares que possam ser utilizadas no diagnóstico de C. gattii e C. neoformans e no estudo da epidemiologia da meningite cripotocócica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
P. STIVANELLI; C.A. TARARAM; P. TRABASSO; L.O. LEVY; M.S.C. MELHEM; A.Z. SCHREIBER; M.L. MORETTI. Visible DNA microarray and loop-mediated isothermal amplification (LAMP) for the identification of Cryptococcus species recovered from culture medium and cerebrospinal fluid of patients with meningitis. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 53, n. 11, . (16/12414-2, 15/25035-7)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.