Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensacamento precoce do cacho da bananeira nanica com polietileno impregnado com inseticida natural

Processo: 16/08882-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Juliana Domingues Lima
Beneficiário:João Pedro Mancio Mendes da Silva
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Registro. Registro , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade dos alimentos   Fruticultura   Armazenagem de alimentos   Banana

Resumo

O ensacamento de cachos de bananeira tem sido frequentemente realizado no Vale do Ribeira por prevenir danos causados pelo contato das folhas, granizo e ataque de pragas e doenças. Além de promover a produção de frutos com melhor coloração, maior brilho e suavidade da casca. O tipo de bolsa mais utilizada mundialmente é a de polietileno azul de baixa densidade. Mais recentemente, tem sido utilizado em algumas propriedades saco de polietileno de baixa densidade, impregnado com o inseticida bifentrina para controle do dano de tripes na casca do fruto. É de grande interesse da cadeia produtiva da banana o desenvolvimento materiais de ensacamento com aditivos alternativos, capazes de evitar problemas fitossanitários e reduzir problemas relacionados a escaldadura pelo sol, bem como evitar a contaminação dos trabalhadores envolvidos com os tratos culturais e do ambiente. Adicionalmente, materiais que devem ser utilizados na inflorescência recém emitida (brácteas fechadas) pode incrementar o crescimento do fruto pelo aumento da temperatura ainda na fase de divisão celular e ainda promoverem coloração mais adequada da casca, por oferecerem proteção física de forma precoce. Assim sendo, antes da adoção em escala comercial, é conveniente a determinação dos reais benefícios da sua utilização frente ao custo mais elevado do material e necessidade de uma operação de manejo adicional, que eleva o custo com mão-de-obra. Pelo exposto, o presente trabalho tem como objetivo comparar o efeito do ensacamento do cacho da bananeira 'Nanica' no estádio precoce, com polietileno de baixa densidade impregnado com inseticida natural, comparado com polietileno de baixa densidade (material de proteção convencional), inserido após a completa diferenciação do cacho seguido da pulverização do cacho com inseticida químico, em relação a produção, tempo de emergência da inflorescência até a colheita, cor da casca do fruto verde e maduro, problemas fitossanitários (tripes e doenças), perdas por escaldadura pelo sol e viabilidade econômica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)