Busca avançada
Ano de início
Entree

Os impactos socioeconômicos do banco municipal de alimentos do CEASA de Campinas no município de Campinas

Processo: 16/00524-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração Pública
Pesquisador responsável:Ieda Kanashiro Makiya
Beneficiário:Rebeca Rizzo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Assunto(s):Vulnerabilidade   Políticas públicas   Fome   Segurança alimentar   Campinas (SP)

Resumo

A fim de combater um dos maiores problemas sociais brasileiros, a fome - a qual desencadeia a miséria e a exclusão social -, os professores José Graziano da Silva, Walter Belik e Maya Takagi, e sua equipe técnica do Núcleo de Economia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas criaram a Política de Segurança Alimentar e Nutricional para a população brasileira, conhecida popularmente como Fome Zero. Esse projeto propôs como base: políticas educativas, organizativas e emancipadoras; as quais deveriam obrigatoriamente serem enriquecidas com políticas estruturais, específicas e locais (as quais se referem aos estados e municípios). Para que a proposta, voltada para os municípios, fosse cumprida, seria necessária a criação de restaurantes populares, novo relacionamentos com redes de supermercados, parcerias com varejistas, bancos de alimentos, dentre outros. A partir do Programa Fome Zero, o Banco Municipal de Alimentos do Ceasa Campinas foi fundado em 2003. Este distribui alimentos de qualidade, considerados excedentes de comercializações, a instituições sociais, possibilitando uma alimentação saudável e balanceada a pessoas em risco social. Neste contexto, será feito um levantamento e tratamento de bibliografias que tratam dos bancos de alimentos no Brasil. Além disso, serão feitas análises a fim de compreender de forma mais específica o funcionamento do Banco Municipal de Alimentos situado no Ceasa Campinas e o índice de vulnerabilidade em que as famílias beneficiadas pelo programa se encontram. Esse estudo será feito a partir de leituras, entrevistas, visitas ao local e a algumas instituições sociais contempladas pelo programa. Além disso, serão estabelecidos contatos com a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, mais especificamente com a Vigilância Socioassistencial. Esta pesquisa pode ser caracterizada como descritiva, qualitativa, quantitativa e exploratória. Os resultados deste estudo serão utilizados para indicar como e quanto os beneficiados e a sociedade são impactados pelo banco. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)