Busca avançada
Ano de início
Entree

Visualização de esteiras bidimensionais utilizando um túnel de filme

Processo: 16/05949-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Fenômenos de Transportes
Pesquisador responsável:Erick de Moraes Franklin
Beneficiário:Mateus Feitosa Armagne Rocha
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Mecânica dos fluidos   Filmes   Fluxo dos fluidos   Esteira rolante   Simulação numérica   Estudos experimentais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Esteira bidimensional | interface líquido-gás | Método experimental | Túnel de filme | Turbilhões bidimensionais | Mecânica dos Fluidos

Resumo

Ao passar por um corpo sólido rombudo, um escoamento de fluido produz uma região à jusante do corpo onde turbilhões estão presentes, chamada de esteira. Embora as esteiras normalmente sejam tridimensionais, o estudo experimental de esteiras bidimensionais é bastante importante para a compreensão de certos mecanismos físicos. Um exemplo do ponto de vista prático é a esteira que ocorre à jusante no deslocamento de pequenos animais, como larvas de insetos, na superfície livre de um líquido. Neste caso, experimentos com esteiras 2D nos auxiliam a compreender como estes tipos de organismos se locomovem e se reproduzem, contribuindo assim ao combate a pragas como, por exemplo, o mosquito Aedes Aegypti. Uma aplicação de um ponto de vista mais acadêmico é relacionada à ajuda à compreensão de simulações numéricas de esteiras bidimensionais. Neste caso, os experimentos com esteiras 2D servem para validar diferentes simulações realizadas. Uma forma de se conseguir realizar experimentos 2D é através da utilização dos chamados Túneis de Filme. Estes túneis são compostos basicamente por um filme de uma mistura de água e surfactante, um corpo transversalmente posicionado em relação ao filme, um sistema adequado de iluminação, e uma câmera filmadora. Como o filme líquido na esteira possui espessura de cerca de 10 ¼m, com variações da ordem de 0,1 ¼m, a esteira é visualizada graças a franjas de interferência formadas no filme líquido. Este projeto de Iniciação Científica tem por objetivo projetar e construir um túnel de filme para a medição de esteiras bidimensionais. Pretende-se também realizar ensaios de esteiras 2D ao redor de um cilindro e, eventualmente, de outros perfis.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)