Busca avançada
Ano de início
Entree

A formação dos professores de italiano mediante a análise da construção de identidades nas interações entre professor e aluno e entre pares

Processo: 15/12825-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 13 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 13 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Roberta Ferroni
Beneficiário:Roberta Ferroni
Anfitrião: Maria Helena Almeida Beirao de Araujo e Sa
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Assunto(s):Identidade linguística

Resumo

A presente pesquisa propõe-se estudar os atos de identidade, ou seja, os comentários linguísticos com os quais os falantes, nas trocas comunicativas, revelam sua identidade e o papel social que almejam alcançar, produzidos, nas interações entre professor e aluno e entre pares, pelos aprendizes cuja língua materna é tipologicamente próxima da língua estrangeira na aula de língua. A primeira parte da análise, a ser realizada nos Cursos de Italiano no Campus da Universidade de São Paulo, estará fundamentada, conforme recomenda a abordagem etnográfica, na observação de quatro classes compostas por aprendizes de italiano cuja língua materna é o português (variante do Brasil), de nível B2 do Quadro europeu comum de referência para as línguas (2002). Os dados, que serão levantados por meio de gravações em áudio e vídeo posteriormente transcritas, irão compor um corpus que nos permitirá analisar as diferentes tipologias de atos considerados como de identidade que os estudantes utilizam. Numa fase posterior, pretendemos aplicar o conhecimento obtido por meio da analise de excertos de transcrições e de reflexões em curso de formação pelos professores de italiano que ensinam em cursos de italiano do campus da Universidade de São Paulo, para que sejam capazes de auto-observar-se e de serem artífices de sua formação e inovação educacional. Como referência teórica e metodológica, adotaremos uma abordagem baseada nos estudos sobre a interação na aula de língua estrangeira complementada por um conjunto de noções e referências extraídas de estudos que tratam da formação de professores de língua estrangeira. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)