Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos neuroimunoendócrinos em pacientes com diagnóstico de Líquen Plano Oral

Processo: 15/22183-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Maria José Alves da Rocha
Beneficiário:Karla Karine Duarte Maia
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Estomatologia   Líquen plano bucal   Saliva   Hidrocortisona   Óxido nítrico   Biomarcadores

Resumo

O Líquen Plano Oral (LPO), doença inflamatória crônica que envolve pele e mucosa, acomete principalmente mulheres, com prevalência de 0,1 a 4% na população. O desenvolvimento de protocolos de investigação clínica para o diagnóstico do LPO tem sido recomendado, visando à padronização, facilidade de uso, aplicação em pequenos ou grandes grupos e o desenvolvimento de estudos multicêntricos. Este projeto propõe-se a determinar os níveis de cortisol e óxido nítrico (NO) presentes na saliva de pacientes com diagnóstico de LPO, com o intuito de estudar a interação neuroimunoendócrino nesta doença e se possível estabelecer biomarcadores que possam atuar no diagnóstico. A amostra será composta de 30 indivíduos, com idade entre 25 a 60 anos, 15 com diagnóstico de LPO e 15 indivíduos saudáveis (grupo controle). Serão investigadas informações relativas à idade, sexo, raça, forma clínica, localização, associação com fatores emocionais e uso de medicamentos. Este estudo está inserido no Projeto Perfil clínico, histopatológico e imunopatológico de pacientes com diagnóstico de líquen plano Oral, já aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FORP/USP (CAAE 33703114.8.0000.5419). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)