Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da 15d-PGJ2 na proliferação, viabilidade e estresse oxidativo em células de carcinoma epidermóide

Processo: 15/12639-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Marcelo Sperandio
Beneficiário:Pablo Pereira Ghimenti
Instituição Sede: Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic. Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMANDIC). Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda (SRES). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal   Carcinoma de células escamosas   Estresse oxidativo   Expressão gênica   Morte celular   Proliferação   Tratamento   Técnicas in vitro
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Carcinoma Epidermoíde | Estresse oxidativo | peroxirredoxina | Resposta à proteínas desdobradas | Tratamento | 15d-PGJ2 | Patologia bucal

Resumo

O carcinoma epidermoide é a 6ª neoplasia maligna mais prevalente no Brasil. O tratamento atual consiste principalmente em cirurgia e/ou radioterapia. A sobrevida dos pacientes é de 50% em 5 anos. A 15d-PGJ2 é uma prostaglandina (PG) da série J2 diferente das demais PG pela presença de um grupo carbonila eletrofílico no anel ciclopentenona, o que lhe confere propriedades únicas e, muitas vezes, opostas a outras PG, inclusive atividade anti-inflamatória e anti-tumoral. Esta molécula tem sido estudada como uma droga potencial no tratamento de várias neoplasias, inclusive carcinoma de esôfago, porém há poucos relatos na literatura em câncer bucal. Esta droga pode induzir morte celular devido à indução de estresse oxidativo (EO) e acúmulo de espécies reativas de oxigênio (ROS). Isto leva a um aumento da expressão de enzimas antioxidantes na tentativa de reduzir os efeitos deletérios das ROS. Das mais abundantes desta enzimas, destacam-se as peroxirredoxinas (Prx). Em contrapartida, a despeito do aumento máximo da produção de proteínas anti-oxidantes, se houver um desequilíbrio oxi-redutor em favor das ROS, a célula desencadeará reações que ativarão as vias de morte celular. Assim, o objetivo do presente trabalho será avaliar in vitro a proliferação, viabilidade e EO via expressão gênica de Prx 1 e 4 em uma linhagem de carcinoma epidermoide (CAL 27) tratada com 15d-PGJ2 em diferentes concentrações. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)