Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do kinesiotaping nas características espaço temporais, angulares, oscilação postural e ativação muscular na marcha de crianças com paralisia cerebral

Processo: 15/08811-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Nelci Adriana Cicuto Ferreira Rocha
Beneficiário:Carolina Corsi
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/21309-8 - Análise não linear das forças de reação do solo durante a marcha de crianças com Paralisia Cerebral: O impacto da aplicação do Kinesiotaping, BE.EP.DD
Assunto(s):Neuropediatria   Marcha   Paralisia cerebral   Fenômenos biomecânicos   Crianças

Resumo

Crianças com PC apresentam alterações na postura e movimentos que afetam a realização de AVDs e tarefas funcionais. Dentre estas, a marcha é uma das habilidades que se apresentam mais alteradas na população com PC, devido às alterações musculares, na biomecânica articular e na diminuição das reações posturais. A literatura demonstra que a marcha de crianças com PC é caracterizada por flexão, adução e rotação interna de quadril, flexão de joelho e redução da dorsiflexão durante a fase de apoio. Estudos que avaliaram o efeito do KT no tratamento de crianças com PC apresentam resultados promissores, com melhor alinhamento biomecânico, adequada ativação muscular e consequente melhora da postura e função das crianças. Entretanto, todos os estudos encontrados apresentam amostra insuficiente ou baixa qualidade metodológica, tornando os resultados inespecíficos e não foram encontrados na literatura estudos que relacionassem o uso do KT a mudanças nas variáveis espaço temporais e angulares da marcha e oscilação postural de crianças com PC. Objetivo: Avaliar o efeito do KT sobre as variáveis espaço temporais, angulares, oscilação postural e ativação muscular da marcha de crianças com PC. Métodos: Serão incluídas crianças com idade entre 5 e 12 anos, PC espástica com nível GMFCS I e II, hemiparéticas que apresentem marcha independente há no mínimo 6 meses. Para o grupo controle, serão avaliadas crianças com desenvolvimento típico de mesma idade com intuito de parear os dois grupos. As crianças serão avaliadas quanto as variáveis espaço temporais, angulares, da oscilação postural e ativação muscular na marcha em duas condições: bandagem elástica e condição placebo. Os resultados descritivos serão dados por meio da média e do desvio padrão. As comparações entre as condições de bandagem serão avaliadas por meio de testes adequados a normalidade de sua distribuição. Para todas a análises será adotado um nível de significância de 5% (pd 0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORSI, CAROLINA; SANTOS, MARIANA M.; MOREIRA, ROBERTA F. C.; DOS SANTOS, ADRIANA N.; DE CAMPOS, ANA C.; GALLI, MANUELA; ROCHA, NELCI A. C. F.. Effect of physical therapy interventions on spatiotemporal gait parameters in children with cerebral palsy: a systematic review. DISABILITY AND REHABILITATION, v. 43, n. 11, . (16/21309-8, 15/08811-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.