Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicadores físicos e químicos de qualidade do solo de parte dos lotes do assentamento rural companheiro keno, Jacarezinho/PR

Processo: 15/10424-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Maria Cristina Perusi
Beneficiário:Carlos Eduardo Barros
Instituição Sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Assunto(s):Produção agrícola   Gestão ambiental   Assentamento rural   Solos   Análise química   Inquéritos e questionários
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:assentamento rural | Física | Química | solos | Geografia ambiental

Resumo

O atual modelo de produção agrícola no Brasil, impulsionado durante a década de 1970 pela bandeira da Revolução Verde, trouxe e aprofundou ainda mais alguns problemas no campo, sejam os sociais e/ou ambientais. No contexto da disputa pela terra, os camponeses tendem a serem excluídos do processo produtivo, em detrimento do agronegócio. Quanto às questões ambientais, elencam-se a contaminação do solo e água por agrotóxicos e defensivos agrícolas, erosão acelerada, uso exacerbado de transgênicos, entre outros problemas. Nesse contexto, a vida no/do solo pode ficar comprometida, bem como a produção agrícola e a manutenção do homem no campo. Desta forma, o objetivo dessa pesquisa é analisar e quantificar a macrofauna edáfica, tendo-a como indicadora de qualidade do solo. Trabalhar-se-á em quatro áreas sob diferentes usos: pastagem, mata nativa, horta com preparo convencional e sob manejo agroecológico no acampamento rural do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra, Companheiro Keno, localizado no município de Jacarezinho/Pr. A metodologia adotada será de acordo com a EMBRAPA (2001), com algumas modificações. A macrofauna edáfica será quantificada e qualificada à diferentes profundidades, de 0-10cm, 10-20cm e 20-30cm. Além disso, serão realizadas análises químicas de rotina: pH, Carbono Orgânico, N, CTC, V%, H + Al. As questões socioambientais dos acampados serão contempladas a partir da aplicação de um questionário semi estruturado. O mesmo deverá ser aplicado em todos os lotes do referido acampamento que se encontra atualmente num processo de transição para assentamento.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)