Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do controle de cabeça e o efeito da orientação corporal em lactentes a termo e pré-termo aos 5 e 6 meses de idade

Processo: 15/01175-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Eloisa Tudella
Beneficiário:Letícia de Oliveira Batista
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropediatria   Desenvolvimento infantil   Controle postural   Lactentes   Assimetria   Cabeça   Estudos experimentais

Resumo

O desenvolvimento do controle da cabeça deve ser o primeiro a ser evidenciado no lactente para a emergência de habilidades motoras mais complexas nos meses posteriores. No quinto mês, o lactente apresenta acompanhamento visual eficiente do alvo com movimento dos olhos e cabeça e no sexto mês adquire controle da cabeça e é capaz de modificar seu ajuste postural de acordo com as demandas da tarefa, pois atinge a fase de variabilidade adaptativa do controle postural. A mudança na orientação postural e o fornecimento de suporte externo à cabeça são benéficos à movimentação da cabeça até o quarto mês, entretanto estudos sobre esse tema são escassos aos cinco e seis meses de idade. Objetivo: Verificar os parâmetros comportamentais do movimento de cabeças em lactentes a termo e pré-termo de 5 e 6 meses em três orientações corporais distintas. Método: Participarão deste estudo 22 lactentes a termo (11 aos 5 meses e 11 aos 6 meses) e 16 lactentes pré-termo (9 aos 5 meses e 7 aos 6 meses). Os lactentes serão avaliados durante 7 minutos em três orientações experimentais: supino, supino com suporte de cabeça e reclinado com suporte de cabeça. Na avaliação será apresentado ao lactente um cartão de estimulação visual, que será movimentado manualmente a fim de eliciar a movimentação da cabeça. Resultados esperados: Esperam-se ganhos na frequência e amplitude de movimentos da cabeça com o aumento da idade, além de benefícios na movimentação com o fornecimento de suporte externo à cabeça, especialmente nos lactentes pré-termo, pois o suporte promove melhor alinhamento entre a cabeça e o tronco e essa população pode apresentar maior assimetria postural.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)