Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do gasto energético e caracterização metabólica do tecido adiposo marrom e subcutâneo de camundongos obesos suplementados com chá verde

Processo: 15/07024-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 26 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Rosemari Otton
Beneficiário:Gustavo Tolentino Nascimento dos Santos
Instituição Sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia molecular   Obesidade   Metabolismo energético   Suplementação alimentar   Tecido adiposo marrom   Gordura subcutânea   Chá verde   Reação em cadeia por polimerase (PCR)   Modelos animais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:flavonóides | metabolismo | obesidade | Polifenóis | termogênese | Fisiologia Celular e molecular

Resumo

O número de indivíduos com sobrepeso e obesidade aumenta vertiginosamente ao redor do mundo. O desequilíbrio entre o consumo de calorias e o gasto energético é o principal causador da obesidade, definida pela OMS pelo acúmulo excessivo ou anormal de gordura capaz de causar prejuízos à saúde. Como consequência observamos o aumento de doenças relacionadas direta ou indiretamente ao sobrepeso entre estas o Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2), doenças cardiovasculares, entre outras. Um dos tecidos com maior potencial regulatório e considerado hoje indispensável para a homeostase metabólica é o tecido adiposo marrom (BAT), devido às suas características de estoque de energia e, sob estímulo adequado é direcionado para a produção de calor, contribuindo para a perda de peso através do aumento do gasto energético. Muitos estudos avaliam alimentos ou compostos que possam estimular o gasto energético e assim representar um adjuvante no tratamento da obesidade, dentre eles o chá-verde. O objetivo deste estudo é analisar o efeito da suplementação com chá verde nos tecidos adiposos marrom e subcutâneo de camundongos induzidos à obesidade por dieta de cafeteria. Os animais receberão dieta por 4 semanas (1 mês) e após esse período iniciaremos a gavagem com extrato de chá verde (500 mg/Kg) por 12 semanas (3 meses) em adição à dieta de cafeteria. Posteriormente será realizada a eutanásia e obtenção dos tecidos. O RNA total das células será extraído através do uso do tri-reagente e subsequente realização de PCR em tempo real (Reação em Cadeia pela Polimerase) para avaliação de PPARc, LXR±, CD36, LPL, FAS, UCP1, PGC1±, Cidea, Adr²3, Prdm16, CPT1, DIO2 e AP2. Com este estudo esperamos contribuir para a compreensão dos efeitos do chá verde no perfil metabólico do BAT e tecido adiposo subcutâneo e encorajar pesquisas futuras sobre o efeito de compostos bioativos no combate a obesidade e suas complicações.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOLIN, ANAYSA PAOLA; BATISTA SOUSA-FILHO, CELSO PEREIRA; NASCIMENTO DOS SANTOS, GUSTAVO TOLENTINO; FERREIRA, LETICIA TORRES; MARTINS DE ANDRADE, PAULA BRESCIANI; MIGLIORINI FIGUEIRA, ANA CAROLINA; HELENO BATISTA, FERNANDA APARECIDA; OTTON, ROSEMARI. Adipogenic commitment induced by green tea polyphenols remodel adipocytes to a thermogenic phenotype. JOURNAL OF NUTRITIONAL BIOCHEMISTRY, v. 83, . (13/22293-0, 15/07024-8, 11/19216-8, 12/20415-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.