Busca avançada
Ano de início
Entree

Nas constituições dos discursos sobre afrodescendentes: a circulação de idéias entre as lutas por direitos civis nos Estados Unidos e o movimento negro brasileiro (1950-1970)

Processo: 15/07890-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:Lúcia Helena Oliveira Silva
Beneficiário:Mírian Cristina de Moura Garrido
Supervisor no Exterior: George Reid Andrews
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Pittsburgh (Pitt), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/14210-7 - Nas constituições dos discursos sobre afrobrasileiros: uma análise histórica dos documentos oficiais voltados à promoção do negro brasileiro (1978-2010), BP.DR
Assunto(s):Direito civil   Movimentos negros   Ações afirmativas (política)   Afrodescendentes   Discriminação social

Resumo

Em 7 de julho de 1978 nas escadarias do Teatro Municipal um grupo de homens e mulheres negros se apresentava como Movimento Negro Unificado, motivados pela frequente violência policial e mesmo sob vigilância do regime militar. Fortemente influenciados pelo contexto das lutas pelos direitos civis dos Estados Unidos e pelas independências dos países africanos, segundo eles mesmos. Tratava-se de tornar oficial a discriminação racial brasileira e assim como o fizera Martin Luther King, Malcolm X, Panteras Negras, lutar no campo social e político por suas demandas, no caso brasileiro, pela denúncia a democracia racial e o desejo de uma sociedade de fato igualitária. Porém, em que medida as estratégias e discursos estadunidenses foram realmente apropriados e colocados em prática é o que desejamos apreender com essa pesquisa. O doutorado tem sido encaminhado no Brasil com objetivo de compreender visões de mundo e estratégias da militância negra brasileira no contexto. O estágio no exterior permitirá ampliar nosso conhecimento sobre o mesmo percurso da militância negra nos EUA. Propiciará também o entendimento sobre a elaboração das políticas afirmativas constituídas nos Estados Unidos, grande inspiração para as políticas brasileiras recentes. De antemão, sabemos que a existência de uma circularidade de ideias entre Brasil e Estados Unidos pressupõe re-apropriações e ressignificações de ambos, contudo, a pesquisa contribuirá para o alargamento da compreensão das visões de mundo e estratégias dos diferentes movimentos negros. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)