Busca avançada
Ano de início
Entree

As transformações territoriais engendradas através do projeto Renascer das Águas do Aquífero Guarani no assentamento Mario Lago em Ribeirão Preto - SP

Processo: 14/20511-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Jose Gilberto de Souza
Beneficiário:Olívia Desuó Gomes
Instituição Sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia econômica   Conservação dos recursos naturais   Degradação ambiental   Setor sucroenergético   Assentamento rural   Território   Ribeirão Preto (SP)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aglofloresta | Assentamento Mário Lago | Renda Monetária | Renda não monetária | Setor Sucroenergético | território | Geografia Econômica

Resumo

O território enquanto categoria de análise geográfica tem por sua natureza as relações marcadas pelo poder. No quadro agrário brasileiro essa relação consiste historicamente na concentração de terras, na expropriação do trabalhador rural e na degradação ambiental. É o caso da região de Ribeirão Preto - SP, onde o setor sucroenergético detém grande parte das terras para uso do agronegócio. Deste modo, o presente trabalho tem como principal preocupação analisar as transformações territoriais engendradas no Assentamento de Reforma Agrária "Mario Lago", localizado na zona rural do município de Ribeirão Preto - SP, no que diz respeito ao Projeto Renascer das Águas do Aquífero Guarani que visa à implantação do Sistema Agroflorestal (SAF), um modelo que segue em detrimento a atual lógica agroindustrial. Essas mudanças buscam retomar a autonomia dos pequenos agricultores e a valorização do trabalho que realizam, aliando a produção de alimentos à preservação ambiental, o que compreende uma força de luta e resistência perante a hegemonia agrária da região.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)