Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do polimorfismos -330 e análise da expressão do gene da interleucina 2 em amostras de pacientes com doenças gástricas: uma possível relação com o Helicobacter pylori

Processo: 14/23943-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Lucas Trevizani Rasmussen
Beneficiário:Jéssica Lima Melchiades
Instituição Sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Genética médica   Expressão gênica   Interleucina-2   Helicobacter pylori
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Doenças Gástricas | expressão gênica | Helicobacter pylori | Interleucina 2 | -330 | Biologia Molecular

Resumo

A Interleucina 2 é uma citocinas pró-inflamatórias, sintetizada principalmente por células imunorreguladora T helper e desempenha um papel importante na imunidade antitumoral, sendo considerada um agente proliferativo antígeno inespecífico. O Helicobacter pylori, é uma bactéria gram-negativa que coloniza a mucosa do estômago e é responsável por várias doenças gastroduodenais, como: gastrites, úlceras e neoplasias gástricas. Aparentemente, ocorre o aumento da síntese de citocinas inflamatórias, dentre elas da IL-2, em resposta a infecção por H. pylori, que resulta na intensa inflamação gástrica causando danos à mucosa. Em vista do possível envolvimento da IL-2 e a presença do H. pylori no desenvolvimento das doenças gástricas o presente projeto tem como objetivo caracterizar o polimorfismo da região promotora -330 (rs2069762) da IL-2 por PCR-RFLP e analisar a expressão gênica, por PCR em Tempo Real, do gene da IL-2 em 150 amostras de biópsias gástricas de pacientes com sintomas pépticos e câncer gástrico, com o intuito de associar os genótipos encontrados à expressão e correlaciona-los a presença do H. pylori e seus principais marcadores de patogenicidade. O desenvolvimento desta abordagem poderá abrir novas perspectivas para a caracterização de fatores envolvidos nas doenças pépticas e regulação gênica, visando um melhor entendimento dos mecanismos fisiopatológicos destas doenças.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)