Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular de lesões pré-malignas mamárias em camundongos transgênicos com super-expressão da isoforma A do receptor de progesterona (PRA)

Processo: 14/13470-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Aparecida Nagai
Beneficiário:Maria Jose Carlini
Instituição Sede: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Marcador molecular   Transformação celular neoplásica   Hiperplasia   Progesterona
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:hyperplasia | mammary gland | progesterone receptor | transgenic mice | marcadores moleculares

Resumo

Os hormônios esteroídicos ovarianos, estrógenos e progesterona, desempenham um papel vital no desenvolvimento e manutenção da glândula mamária normal e também estão associados ao processo de tumorigênese da mama. O receptor de progesterona (PR) é expresso em duas isoformas, PR-A e PR-B. Em tumores de mama humanos a razão de expressão PR-A/PR-B está alterada, sendo a isoforma PR-A predominante. Camundongos transgênicos com aumento de expressão da isoforma PR-A (transgênicos PR-A) têm um desenvolvimento anormal da glândula mamária. Diversas características dessas hiperplasias mamárias são compatíveis com a transformação de células epiteliais mamárias e com o fenômeno de transição epitelial-a-mesenquimal (EMT); o que poderia, por sua vez afeta a população de células-tronco na glândula mamária. Neste contexto, vamos realizar uma análise abrangente em vários níveis moleculares em lesões mamárias de camundongos transgênicos com aumento de expressão de PR-A por meio de análise de expressão gênica por RNAseq, a análise em grande escala de metilação do DNA, e análise genômica de alta resolução por hibridização genômica comparativa baseada microarray (aCGH). Como resultado, esperamos construir um perfil detalhado sem precedentes do transcriptoma, methylome, e genômico associado com a expressão do PR-A e o desenvolvimento de hiperplasia da glândula mamária. Isto irá representar não só uma fonte de informação valiosa para a identificação de novos paradigmas de sinalização para a ação PR na glândula mamária, mas também uma ferramenta potencial para a identificação e caracterização de novos marcadores moleculares para o diagnóstico, prognóstico e predição de tratamento do câncer de mama. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARLINI, MARIA JOSE; RECOUVREUX, MARIA SOL; SIMIAN, MARINA; NAGAI, MARIA APARECIDA. Gene expression profile and cancer-associated pathways linked to progesterone receptor isoform a (PRA) predominance in transgenic mouse mammary glands. BMC CANCER, v. 18, . (14/13470-8, 15/10208-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.