Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da exposição à Porphyromonas gingivalis sobre o fenótipo mesenquimal indiferenciado de células isoladas a partir do ligamento periodontal de humanos

Processo: 14/01827-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Karina Gonzales Silvério Ruiz
Beneficiário:Mayra Laino Albiero
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamação   Porphyromonas gingivalis   Receptores toll-like
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Inflamação | Porphyromonas gingivalis | receptores Toll-like | regeneração periodontal | Periodontia

Resumo

A regeneração dos tecidos periodontais de suporte perdidos em decorrência da doença periodontal inflamatória depende da migração e proliferação das células mesenquimais indiferenciadas do ligamento periodontal (PDLMSCs) remanescente, acompanhada pela subsequente diferenciação em osteoblastos, cementoblastos e fibroblastos, e síntese de componentes da matriz extracelular. Tem sido sugerido que, as estruturas periodontais remanescentes, as quais foram expostas ao processo inflamatório crônico, teriam a sua habilidade para promover a regeneração tecidual comprometida. Uma das hipóteses baseia-se no fato das PDLMSCs sofrerem alterações fenotípicas devido à ação das toxinas bacterianas e das citocinas inflamatórias, comprometendo assim, as suas propriedades biológicas. Para testar essa hipótese, PDLMSCs serão expostas ao extrato total da bactéria Porphyromonas gingivalis (Pg), e avaliadas quanto à conservação do fenótipo mesenquimal indiferenciado, capacidade proliferativa e diferenciação em fenótipo osteoblástico/cementoblástico. Inicialmente, 3 populações de PDLMSCs (células CD105+ CD34- CD45-) serão expostas a diferentes concentrações do extrato da Pg (0, 100 ng, 1 µg, 10 µg, 20 µg/ml) e avaliadas quanto a viabilidade celular (ensaio de MTS) e expressão dos genes para IL1B, IL6 e TNFa (qRT-PCR), a fim de determinar a concentração bacteriana não-citotóxica e que induz uma resposta pró-inflamatória mais significativa. Em seguida, as PDLMSCs serão cultivadas ou não na presença do extrato bacteriano e avaliadas quanto: a) expressão dos genes envolvidos na sinalização via Toll-like receptors (PCR array); b) expressão dos marcadores relacionados ao fenótipo mesenquimal indiferenciado (STRO1, CD105 e CD166) e condição de apoptose/necrose (marcadores Annexin V e iodeto de propídio) pela técnica da citometria de fluxo; c) plasticidade celular determinada pela capacidade de diferenciação osteoblástica/cementoblástica através do ensaio de formação de nódulos minerais (coloração de vermelho de alizarina) e expressão dos genes para RUNX2, fosfatase alcalina (ALP) e osteocalcina (OCN) por meio de qRT-PCR. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALBIERO, MAYRA LAINO; STIPP, RAFAEL NOBREGA; SAITO, MIKI TAKETOMI; CASATI, MARCIO ZAFFALON; SALLUM, ENILSON ANTONIO; NOCITI, FRANCISCO HUMBERTO; SILVERIO, KARINA GONZALES. Viability and Osteogenic Differentiation of Human Periodontal Ligament Progenitor Cells Are Maintained After Incubation With Porphyromonas gingivalis Protein Extract. Journal of Periodontology, v. 88, n. 11, p. E188-E199, . (14/01827-9)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALBIERO, Mayra Laino. Efeito do processo inflamatório sobre as células mesenquimais indiferenciadas dos tecidos periodontais. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba Piracicaba, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.